[the_ad id="288653"]

No entorno do futebol

Para quem no passado já um pouco distante foi amante do futebol, aquele futebol que encantava e levava mesmo ao delírio multidões de pessoas que superlotavam estádios acanhados e desprovidos das comodidades e confortos dos dias atuais, acontecimentos que estão ocorrendo no mundo esportivo causam perplexidades.

Estão ocorrendo coisas do “arco da velha”, de rebentar “o talo do quiabo”, de fazer “o capeta correr da cruz”, descaracterizando o esporte das multidões que fazia a alegria do povo. Em nossos dias há seletividade no próprio público que comparece aos modernos estádios.

Como entender, compreender, aceitar, engolir mesmo esta história mal contada de Lucas Paquetá e que beneficiou seus “amiguinhos” moradores da Ilha de PAQUETÁ.  Quantas coincidências nos acertos nas apostas e as “perseguições” dos árbitros ingleses nas aplicações injustas de tantos cartões amarelos em determinados momentos das partidas. Ainda que simpatizante da presunção de inocência…não vai dar para engolir.

Houve uma luta ferrenha de uns poucos em dar dignidade a atividade profissional do atleta de futebol em nosso país. Fiquemos na antiga coragem de AFONSINHO, tempos depois seguido por outros tantos que lutaram pela classe. Foram corajosos e brilhantes.

Pena que pessoas como um CARLOS MIGUEL da vida passa para os observadores e grande público, que há um enorme percentual de futebolistas despreparados para a vida terrena onde deve ou deveria prevalecer o respeito, o agradecimento, a ética, a dignidade e a sinceridade.

Sua omissão e silencio fez com que o Corinthians liberasse CÁSSIO, um de seus maiores ídolos no intuito de valorizar ele – Carlos |Miguel e o que vimos a seguir: um frio comunicado dizendo que estava de partida rumo à Inglaterra, já apalavrado com outro clube. |Faltou-lhe caráter…

Por falar em gratidão e ingratidão, alguns midiáticos em busca de seus cinco minutos de fama, proferem comentários deprimentes em relação a um tal de Ronaldo FENÔMENO no processo de aquisição e transferência da SAF do Cabuloso das Minas Gerais.

Ronaldo se transformou em um homem de negócios e disto nunca fez mistério. Se tornou uma pessoa bem sucedida, por seus próprios méritos. Teve a coragem e ousadia de “tirar” o clube celeste do buraco em que se encontrava, melhor dizendo, de um abismo.

Ao repassá-lo ou devolvê-lo, comercialmente falando, para um milionário apaixonado pelo clube, ainda que ganhando muito dinheiro, fez ainda mais um bem danado ao clube que o projetou para o mundo do futebol. Certamente que a história lhe fará justiça.

Ainda no Corinthians, verdadeiro inferno astral se apossou de seus atuais dirigentes que tiveram a petulância de vencerem politicamente grupo político que lá estava a 16 anos.  Andrez Sanches é político e politiqueiro, dá rasteira em cobra e é o grande responsável, juntamente com seu grupo político, do estado de insolvência a que chegou o clube paulista.

A turbulência que se apossou da agremiação, juntando-se a falcatruas próprias dos humanos, tornaram-se pratos prediletos das mídias raivosa que se delicia com a desgraça alheia. Quase sempre tomando partido dependendo do momento e dos atores envolvidos.

Enfim, o futebol que deixou de ser um palpitante esporte e tornou-se interessante NEGÓCIO no mundo dos homens, não mais empolga o torcedor romântico e apaixonado pelo clube de seu coração, exatamente pelas transformações ocorridas.

Saudades dos tempos de Gilmar, De Sordi e Beline; Zito, Orlando e Nilton Santos. Garrincha, Didi, Vavá, Pelé, Zagallo – este o escrete nacional, vencedor do primeiro título mundial de nosso país, em 1.958, na Suécia, sob a batuta de um “gordo” e competente Vicente Feola. Tempos de um verdadeiro futebol.  Amém.


(*) Ex-atleta

FOTO: Divulgação

N.B.1 – Se é verdade que o castigo costuma vir a cavalo, no caso do goleiro CASSIO ele acabou vindo de avião. Para reflexão do torcedor corintiano…

N.B.2 –  Colômbia 5×1 Estados Unidos. Brasil 1×1 Estados Unidos. Hum…sei não.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Roteiro Brasil

🔊 Clique e ouça a notícia Era noite em Tóquio e eu caminhava pelo Golden Gai, uma espécie de conjunto de poucas vielas com micro bares, que formam uma gostosa

Entre micas e ouros

🔊 Clique e ouça a notícia Das margens do Rio Doce para as margens do Rio Sena. Da cidade conhecida por suas exportações de mica, cujo nome deriva do latim

O que fazer?  Como fazer?

🔊 Clique e ouça a notícia Nos antigamente – faz um bom tempo, né Bolivar? estudávamos Organização Social e Política Brasileira, tínhamos ainda aulas de Religião, de Educação Física, noções

Dias de chuva!

🔊 Clique e ouça a notícia Um dos fenômenos naturais que mais gosto, desde de menino, é a chuva. A água que cai do céu, para mim, além de uma