[the_ad id="288653"]

A cultura da corrupção

FOTO: Freepik

Se existe uma constante em nosso país, tal constante é a prática da corrupção. Por causa dessa prática, nosso país, juntamente com seus líderes, sempre nos trarão alguns momentos difíceis, tais momentos são  consequências de anos de práticas criminosas que foram, e ainda são, praticadas em nossa história, e que, juntas, ajudaram a empurrar nosso país em direção ao caos. Como sabemos, uma prática constante que está levando nosso país à ruína é a prática do suborno, da corrupção.

Infelizmente, em nosso país reina a cultura da corrupção. Em todas as áreas de nossa sociedade é possível encontrar pessoas dispostas a se venderem para conseguir “um dinheiro extra”. Muitos podem ser os motivos, ou as desculpas, que levam as pessoas a isso, mas sua raiz está no mau caratismo e na falta de integridade.

Quando vemos a corrupção dos líderes de nosso país, enxergamos seus erros, achamos tudo muito vergonhoso, mas não julgamos a nós mesmos com o mesmo crivo, tendemos a ignorar nossos erros e nos enganamos, dizendo que a nossa corrupção não é como a deles, e que, diante da escandalosa corrupção de nossos líderes a nossa pode passar batida, sendo até mesmo “aceitável” e, assim, não nos julgamos corruptos, ou simplesmente dizemos que somos mais “necessitados”, como se a necessidade fosse desculpa para a corrupção.

A pobreza e a necessidade nunca foram justificativas para a corrupção. Muitas são as pessoas pobres e necessitadas que preferem continuar em sua vida dura do que se corromper com a cultura do suborno e do dinheiro sujo que impera em nosso país. Tal “cultura” provém da falta de integridade que tomou conta da maior parte de nossa sociedade.

Esse ano teremos eleições municipais, e sabemos que, em nosso país, as campanhas políticas, qualquer uma delas, são praticamente movidas a suborno e corrupção, mas não é só na política que podemos ver tal prática, também a vemos nos concursos públicos, onde vagas são negociadas sem se levar em conta as consequências que isso traz, ou a preparação e a capacidade de quem “consegue” tal vaga. Pois, convenhamos, se é preciso negociatas para conseguir votos ou uma vaga, em qualquer área que seja, é por que a pessoa não está preparada e capacitada para tal posição. O mesmo ocorre com inúmeros outros cargos de importância em nossa sociedade, sejam em empresas, escolas, faculdades, etc. Em todos esses lugares encontramos pessoas dispostas a corromper e serem corrompidas, sem levar em conta as consequências futuras de suas escolhas.

Todos queremos mudanças para nosso país, queremos que ele se transforme em uma grande nação, mas nunca construiremos uma grande nação sem integridade.

Somente com uma mudança drástica em nossos princípios, em nosso modo de enxergar as coisas, é que formaremos, aos poucos, uma sociedade melhor, mais justa e íntegra, que tenha a capacidade de proporcionar uma vida melhor para todos. Não sendo assim, sofreremos para sempre as consequências da corrupção impregnada em nossas almas.

(*) Wanderson R. Monteiro
Autor do livro “Cosmovisão Em Crise: A Importância do Conhecimento Teológico e Filosófico Para o Líder Cristão na Pós-Modernidade”.
 Dr. Honoris Causa em Literatura e Dr. Honoris Causa em Jornalismo.
Bacharel em Teologia, graduando em Pedagogia. Acadêmico Correspondente da FEBACLA.
Acadêmico Fundador da AHBLA. Acadêmico Imortal da AINTE.
Vencedor de quatro prêmios literários. Coautor de 13 livros e quatro revistas.
(São Sebastião do Anta – MG)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Leishmaniose visceral canina

🔊 Clique e ouça a notícia A leishmaniose canina, também conhecida como calazar, é uma doença causada por um protozoário do gênero Leishmania, que pode ser transmitida para seres humanos.

Roteiro Brasil

🔊 Clique e ouça a notícia Era noite em Tóquio e eu caminhava pelo Golden Gai, uma espécie de conjunto de poucas vielas com micro bares, que formam uma gostosa

Entre micas e ouros

🔊 Clique e ouça a notícia Das margens do Rio Doce para as margens do Rio Sena. Da cidade conhecida por suas exportações de mica, cujo nome deriva do latim

O que fazer?  Como fazer?

🔊 Clique e ouça a notícia Nos antigamente – faz um bom tempo, né Bolivar? estudávamos Organização Social e Política Brasileira, tínhamos ainda aulas de Religião, de Educação Física, noções