Presidente do TRE visita Valadares e faz palestra na Fadivale

285
FOTO: Divulgação

Nesta segunda-feira, 16 de setembro, o desembargador Rogério Medeiros, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), fará uma visita a Governador Valadares. No período da tarde, às 14h30, ele irá visitar os cartórios eleitorais, localizados na av. Minas Gerais, 972, Centro, onde se reunirá com o juiz eleitoral e servidores, e, às 15h30, irá atender à imprensa local. Governador Valadares tem três zonas eleitorais que abrangem, além do município sede, Alpercata, Frei Inocêncio, Mathias Lobato, Marilac e Periquito. Todas as cidades estão em processo de recadastramento biométrico obrigatório.

Logo após, às 16h30, o desembargador se reúne com o prefeito André Luiz Coelho Merlo e, em seguida, com o presidente da Câmara Municipal, vereador Júlio Avelar. Às 19h30, dará uma palestra para estudantes da Faculdade de Direito do Vale do Rio Doce – FADIVALE, abordando o tema “Direito e novas tecnologias”. A inscrição para participar da palestra deve ser feita através de link disponibilizado no site e nas redes sociais da faculdade (https://apps.tre-mg.jus.br/aplicativos/php/inscricoes/index.php?evento=197). Será emitido certificado para os participantes.

Na terça-feira, pela manhã, o desembargador fará uma visita à Central de Atendimento ao Eleitor, que funciona na Câmara Municipal de Governador Valadares (rua Marechal Floriano, 905, Centro).

 Biometria em Governador Valadares

Os municípios que integram as zonas de Governador Valadares estão passando pela revisão biométrica em 2019. O prazo para o comparecimento dos eleitores varia entre outubro deste ano e fevereiro de 2020.

O atendimento é feito na sede dos cartórios em Governador Valadares, na av. Minas Gerais, 972, Centro. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. O atendimento é por ordem de chegada ou agendado, e o eleitor que quiser fazer o agendamento pode acessar o site do TRE ou ligar para o Disque-Eleitor (telefone 148).

 Documentação necessária

Para fazer o recadastramento biométrico, os eleitores devem apresentar documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. São aceitos como documentos a carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento. Não são aceitos o novo passaporte e a carteira de habilitação, sendo que este último documento só não vale para quem nunca se alistou. Homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar também comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).