PM do Meio Ambiente prende homem acusado de caça predatória e porte ilegal de arma

As armas e os animais foram apreendidos e o suspeito levado para a Delegacia, para ser autuado em flagrant. FOTO: Divulgação

No período do carnaval, os policiais do Segundo Pelotão da Polícia Militar do Meio Ambiente de Sabinópolis realizaram várias operações em parques, cachoeiras, entre outros balneários, com o objetivo de prevenir e combater infrações contra o meio ambiente. Entre as ações, os policiais abordaram uma casa onde um suspeito tinha armas de fogo, utilizadas para a caça predatória. Após uma minuciosa busca no interior do imóvel, os militares encontraram duas espingardas, munições, material para recarregar munições, uma cotia e um tatu abatidos.

O homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e crime contra o meio ambiente. Ele confessou a propriedade das armas e também que caça animais nas matas da região. O suspeito e os materiais foram apreendidos e levados para a Delegacia, onde foi ratificado o flagrante. A caça predatória é crime previsto no artigo 29 da lei 9605, de 12 de fevereiro de 1998.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Vítima de acidente na BR-116 tinha 26 anos de idade

🔊 Clique e ouça a notícia Pedro Henrique Nunes Pereira dirigia uma Saveiro, que colidiu frontalmente com uma Toyota Hilux GOVERNADOR VALADARES – O acidente ocorrido na tarde desta terça-feira