Obras de captação de água da Fundação Renova começaram a todo vapor

A obra de captação de água está estimada em R$ 155 milhões e deve gerar aproximadamente 770 empregos diretos e indiretos na cidade. FOTO:Divulgação.

Depois de três anos e quatro meses do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, novos meios de captação de água passaram a ser uma necessidade em Governador Valadares. A primeira fase da obra foi iniciada em julho de 2018, com a topografia do solo, na demarcação do local por onde passarão os tubos, e a supressão vegetal no córrego Figueirinha, no bairro Vila Mariana. Na segunda-feira, 11, os primeiros 340 metros da obra de captação de água começaram na rua Cícero Siqueira, no bairro Santa Rita. Neste mês de março, outra frente de obra será iniciada em um trecho paralelo ao aeroporto. No local, a intervenção será de 2,3 quilômetros. Os trabalhos estão previstos para ser concluídos no primeiro trimestre de 2021.