Termina hoje o horário de verão

FOTO: Divulgação.

Termina hoje o horário brasileiro de verão, em vigor em dez estados das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste, além do Distrito Federal. Nesses locais, os moradores devem atrasar os relógios em uma hora. O horário de verão se iniciou no dia 4 de novembro de 2018, com base em decreto publicado pelo então presidente Michel Temer.

A partir da zero hora do dia 17 os relógios devem ser atrasados em um hora nos estados de: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Quando ocorre a mudança de horário (seja do horário de verão, inverno ou de fuso horário), o organismo pode ter dificuldade em se habituar. Mas se você seguir algumas dicas, a adaptação será mais suave.

Cuidado com as refeições

No dia da mudança de horário, evite refeições muito pesadas, principalmente no final do dia. Comidas que requerem muita energia para fazer a digestão podem prejudicar o descanso.

Da mesma forma, bebidas como o café e alguns chás (verde e preto) devem ser evitados.

Não exagere nos exercícios físicos. Prefira exercícios mais suaves ou relaxantes (como caminhadas leves ou ioga), para não estimular excessivamente o corpo.

Além disso, é recomendado não praticar exercícios pesados três horas ou menos antes de ir para a cama, porque a liberação de endorfina causa um estímulo que pode afugentar o sono.

Ajuste a hora de dormir

Nesta mudança o relógio atrasa, ou seja, “ganhamos” uma hora e, por isso, as pessoas, muitas vezes, vão dormir mais tarde. Especialistas e médicos sugerem que essa “hora extra” deve ser usada para descansar.

Duas semanas antes do fim do horário de verão, é recomendável ir para cama cinco minutos mais cedo a cada dia. Esta mudança gradual vai ajudar na adaptação quando o relógio atrasar uma hora.