Suspeito de assassinar prefeito de Naque teria premeditado o crime

0
510
Marquinhos do Depósito alega legítima defesa, mas tanto a Polícia Civil quanto o Ministério Público o acusam de ser o causador da discussão que culminou no crime. O prefeito de Naque, Hélio Pinto de Carvalho, foi morto com vários tiros durante uma discussão com o vereador Marquinhos do Depósito.

Após 13 dias ininterruptos de intenso trabalho investigativo, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito que apura a morte do prefeito de Naque, Hélio Pinto de Carvalho. O vereador Marcos Alves de Lima foi indiciado por homicídio qualificado, por impossibilidade de defesa da vítima, motivo fútil e premeditação. As apurações indicam que […]