Homem é morto com um tiro no olho no estradão do Penha

0
454
O corpo de Guilherme Silvestre foi encontrado caído no meio do mato ao lado da estrada que dá acesso a uma fazenda da região. FOTO: Roberto Higino

Policiais militares estiveram ontem pela manhã no estradão do Penha, próximo ao local conhecido como Lagoa da Granja Barbosa, onde foi encontrado o corpo de Guilherme Silvestre da Silva, 23 anos. Ele estava no meio do mato, próximo à estrada. O corpo foi encontrado por um vaqueiro no início da manhã de quinta-feira, 7. Ele acionou a polícia, que, ao chegar, iniciou a investigação para identificar a vítima.

Enquanto a perícia técnica fazia o exame no local, um homem chegou e disse que suspeitava que a vítima seria o seu sobrinho, que estava desaparecido. Ele contou que viu uma reportagem na televisão sobre o corpo que havia sido encontrado e foi até o local. Depois de verificar alguns detalhes, o homem confirmou sua suspeita e indicou o endereço dos familiares da vítima.

Ao conversar com os parentes os militares ficaram sabendo que Guilherme teria sido visto pela última vez na quarta-feira, por volta das 14 horas. Eles disseram ainda que o suspeito do crime seria L. Z. S. J., de 19 anos. A causa do homicídio seria vingança, já que o suspeito teve um irmão assassinado no bairro Figueira dias atrás, quando houve um duplo homicídio. Devido à perda do irmão, ainda segundo os familiares, o suspeito teria dito que mataria o primeiro indivíduo que fosse pegar ou soltar cavalos no pasto.

Uma perita da Polícia Civil esteve no local e verificou que Guilherme foi morto com um tiro no olho esquerdo. O corpo foi recolhido e levado ao Instituto Médico Legal para ser examinado e depois liberado para o sepultamento. O caso agora está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

O corpo de Guilherme Silvestre foi encontrado caído no meio do mato ao lado da estrada que dá acesso a uma fazenda da região.FOTO: Roberto Higino