Festival de Blues na Ibituruna traz atrações nacionais a GV

Pedro Gomes (contrabaixo), Márcio Lomiranda (teclados), Charles Gavin (bateria) e Diogo Viola (guitarra). Essa é a Humaitá Blues Combo, que vai tocar no dia 21, no Blues na Montanha

O melhor do blues nacional estará no festival de blues, que acontecerá nos dias 20, 21 e 22 de setembro no pico da Ibituruna, na área do Vale Silvestre Eco Park. É o Blues na Montanha, que traz a Governador Valadares nomes como o do guitarrista argentino Victor Biglione e do guitarrista paranaense Kadu Lambach.

A programação do Blues na Montanha também tem uma banda de blues que desponta no cenário nacional com dois nomes de peso: Márcio Lomiranda, nos teclados, e Charles Gavin (ex-Titãs), na bateria. Os dois veteranos são da Humaitá Blues Combo, cuja formação inclui dois jovens talentos na frente do palco: Pedro Coelho, no contrabaixo, e Diogo Viola, na guitarra. Como atração local, a voz potente da cantora Hilmara Fernandes e os virtuosos músicos de sua banda, The Lowriders. Shows de tirar o fôlego.

Além dos shows musicais, que acontecem na sexta, 20, e no sábado, 21, um mix cultural será oferecido ao público no domingo, dia 22, com lançamento de livros de autores e autoras locais, exibição de vídeos no Cine Blues, mostra de discos de vinil no Clube do Vinil e roda de conversa sobre cultura e meio ambiente.

Como o blues sugere que sua apreciação seja acompanhada de boa comida e bebida, o Blues na Montanha terá uma gastronomia de respeito, sob a curadoria do chef Guilherme Matias, que vai preparar pratos para paladares apurados. Comida saudável, como ele mesmo define. Matias convidou os melhores restaurantes de Governador Valadares para fazerem parte da área gastronômica do evento.

Segunda edição

Esta é a segunda edição do Blues na Montanha. A primeira aconteceu em 2015, no mesmo local, com a cantora americana Rodica Weitzman, acompanhada do guitarrista Alamo Leal, e uma atração local, o guitarrista Maurício Mansu. Os organizadores do Blues na Montanha, Viviane do Vale Silvestre e Tim Filho, afirmam que o hiato de quase cinco anos foi ocupado agora com um evento bem maior e melhor.

A motivação veio com as melhorias que foram feitas pela Prefeitura na infraestrutura do pico da Ibituruna. “A Prefeitura nos deu total apoio e nos recebeu muito bem, tanto na Semov quanto na SMCEL”, disse Viviane, lembrando que as melhorias feitas na estrada, como iluminação e recuperação dos pontos críticos, são louváveis.

Quem for ao Blues na Montanha poderá ir nos ônibus da empresa de transporte coletivo Mobi, que apoia o evento. A Mobi vai colocar a linha de ônibus que faz o trajeto Centro/Ibituruna, com ponto de parada na portaria do Vale Silvestre. Quem preferir ir de carro terá estacionamento gratuito dentro da área do Vale Silvestre, e poderá estacionar sem maiores problemas, com o auxílio de manobristas e seguranças.

Serviço

Os ingressos para o Blues na Montanha já estão à venda e, de acordo com a organização, o melhor que o público tem a fazer é comprar logo, evitando aqueles problemas de última hora. Os ingressos estão limitados a 350 unidades por noite. O valor unitário do ingresso é R$ 50,00 e pode ser adquirido no site www.sympla.com.br, digitando na busca o nome Blues na Montanha. Os ingressos físicos estão à disposição do público nos seguintes endereços: Escritório do Vale Silvestre Eco Park – Rua Barão do Rio Branco, 480, Loja 4, Centro, Edifício Work Center – *(33) 3271-2728; Recanto do Queijo – Rua Afonso Pena, 2061, Centro – (33) 3221-1596; Beef Place – Praça Ari Ferreira Mattos, 775, Lagoa Santa – (33) 3203-9580.