Com a virada vem o questionamento: com que roupa eu vou?

Seja na praia, no campo, em casa, com a família ou com os amigos no barzinho já é tradição escolher uma cor para marcar o fim do ano. Até os mais descrentes acabam dando uma chance às crenças populares na virada do ano. Nem que seja no cuidado na escolha do look ou com a simpatia para dar sorte. Às vésperas de 2019, o DRD foi às ruas para saber qual é cor do réveillon.

Entra ano, sai ano, e o desejo de que o ano que se aproxima seja melhor do que o que está terminando é comum. Uma das tradições é escolher a cor da roupa ou usar uma peça nova. Cada cor tem seu simbolismo e transmite seus objetivos. Mas para garantir que tudo vai dar certo, há quem não deixe de lado as simpatias de ano novo. Como em Valadares não tem jeito de pular as sete ondinhas, a estudante de Direito Laís Souza escolheu Nova Viçosa (BA) para passar a virada. “Todos os anos eu escolho uma praia para passar a virada do ano com meus amigos. Lá, tenho costume de olhar para o mar e refletir tudo que já fiz durante o ano; usar o branco é essencial também”, afirma.

Na noite de réveillon, vale todo o tipo de superstição: usar branco, pular ondas, brindar com champanhe, comer uvas. Enfim, o importante é não deixar a tradição passar em branco. Contudo, nem sempre superstição funciona durante o ano. “Dizem que usar amarelo traz dinheiro, mas isso não aconteceu comigo. Não acredito nessas superstições de cores e simpatias. Nunca deu certo para mim e ninguém que eu conheço. Acho que a pessoa tem que fazer um planejamento no ano e parar com as promessas. No próximo ano eu pretendo comprar uma moto, mas não vou usar simpatias para realizar esse sonho, vou trabalhar para isso”, afirma a estudante de Farmácia Vanessa Ferreira.

Qual é a cor de 2019?

Na maioria das lojas do Centro de Valadares a cor predominante é o branco. Outra cor que se destaca nas vitrines é o laranja. De acordo com a gerente de uma loja de roupas femininas, Michele Siqueira, a escolha do look vai depender muito do tipo de acessório usado na festa de final de ano. “O branco domina quase que 80% das escolhas. O vermelho também é uma ótima opção, além disso, as clientes escolhem a roupa para combinar com os acessórios que vão usar no réveillon. Os mais usados são pulseiras, brincos e sandálias”, comenta. Mesmo em ritmo lento na busca de roupas no comércio, a lojista afirma que a procura só esquenta na última hora. “Às vezes a pessoa compra por impulso; vê algo interessante na vitrine e compra. Com o período chuvoso na cidade acredito que os clientes vão sair de casa no horário especial de ano novo”, ressalta.

por Eduardo Lima | eduardolima@drd.com.br