Operação prende foragido perigoso em Ataleia

FOTO:Divulgação

Policiais civis e militares, fortemente armados, conseguiram prender na quinta-feira (11) Wilson Cesário Ribeiro, de 37 anos, foragido da Justiça. Ele estava escondido no Distrito de Fidelândia, em Ataleia. Além de condenado, havia contra o indivíduo mandado de prisão preventiva por duplo homicídio praticado na cidade de Mantena, em 2013.

Para a Polícia Civil, trata-se de indivíduo de alta periculosidade, envolvido em roubos, tráfico de drogas e homicídios em Mantena. Pelos levantamentos, ele é oriundo de Itabirinha e estava preso em Três Corações. Por erro de autoridades locais, foi posto em liberdade no último dia 26 de junho.

Os assassinatos atribuídos ao homem foram elucidados no final de 2018 pela Polícia Civil em Mantena. Em 2013, ele teria matado Walace Alves Ferreira, de 24 anos, e o taxista Calício Belarmino Pereira, de 50, sendo indiciado, posteriormente, por duplo homicídio qualificado e associação criminosa armada. A prisão foi uma ação conjunta de policiais civis de Mantena e militares de Ataleia e Teófilo Otoni.

Sobre os homicídios

Conforme apurado pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), na noite de 8 de julho de 2013, quatro indivíduos Itabirinha dirigiram-se ao bairro Pires de Albuquerque, em Mantena, com o objetivo de assassinar Manoel. A motivação do crime seria vingança, já que ele teria efetuado disparos de arma de fogo contra dois dos indivíduos dias antes, em Itabirinha.

O alvo pretendido pelos criminosos estava escondido na residência de Walace. No local, os suspeitos mataram Walace com disparos de arma de fogo e o alvo teria fugido. Manoel teria contratado o taxista Calício Belarmino Pereira para levá-lo imediatamente a Itabirinha, em busca de refúgio. Os criminosos seguiram o táxi, e na mesma noite interceptaram o veículo, em Itabirinha, e vitimaram o taxista. Wilson Cesário Ribeiro e mais três indivíduos teriam participado dos homicídios.