[the_ad id="288653"]

Cooperativa atua na construção de ideias para o fortalecimento do cooperativismo mineiro

FOTO: Divulgação Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce

Comitiva da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce participa ativamente de discussões e contribui com ideias para o fortalecimento do cooperativismo no Brasil no Encontro Regional da OCEMG

GOVERNADOR VALADARES – Na manhã dessa quarta-feira (31), a Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais – OCEMG – realizou o 1º Encontro Regional para a definição das demandas que serão apresentadas no 15º Congresso Brasileiro do Cooperativismo (CBC). O encontro aconteceu na sede do Sicoob AC Credi, em Governador Valadares, e reuniu mais de 50 dirigentes de cooperativas dos Vales do Aço, Rio Doce e Mucuri. Representando a Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce participaram do momento o diretor-presidente, João Marques, o diretor-vice-presidente, Fernando Ferreira, e o executivo Gilmar de Oliveira.

O evento iniciou com as sábias palavras do presidente da OCEMG, Ronaldo Scucato, que frisou a importância do encontro regional, agradeceu a presença de todos e reforçou a importância das cooperativas agropecuárias para o Brasil e o mundo. Na sequência, o presidente do Sicoob AC Credi concedeu a todos as boas-vindas e agradeceu a oportunidade de sediar um evento tão significativo para o cooperativismo mineiro.

Após as boas-vindas, a palavra foi passada ao professor Nemizio Antonio, que apresentou as tendências mundiais e alertou sobre a importância das cooperativas se prepararem estrategicamente para acompanhá-las. Ainda destacou sete temas estratégicos para que os dirigentes se debruçarem e apresentassem demandas e ideias sobre as temáticas, que foram: comunicação; ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança); inovação; economia; negócios; representação; intercooperação e cultura cooperativista.

Após o bate-papo com o professor, os dirigentes foram convidados a formarem grupos. Cada grupo recebeu um tema para ser trabalhado. Eles tiveram uma hora para refletir e propor ações de melhoria em cada tema estratégico relacionando-o com o cooperativismo e, por fim, o representante do grupo apresentou os trabalhos desempenhados. Após as atividades todos tiveram a oportunidade de confraternizar com um delicioso almoço.

Fortalecimento do cooperativismo

Para o presidente João Marques, momentos como esses são essenciais para o fortalecimento do cooperativismo. “Quando unimos força, conseguimos alcançar maiores resultados! Instituições são feitas de pessoas! Por isso, este encontro nesta manhã é crucial para o desenvolvimento do cooperativismo mineiro. Aqui estão as pessoas responsáveis por impulsionar e disseminar o cooperativismo para estimular essa cultura em toda a sociedade. Esse momento nos oportunizou a trocar ideias, propor melhorias em nosso sistema e crescer juntos!”, afirma.

O presidente da OCEMG, Ronaldo Scucato, apresentou grande satisfação em estar presente no evento e referendou o prestígio alcançado pelas cooperativas mineiras no cenário nacional. “Estamos reunidos com um grupo de mais de 50 dirigentes que estão muito empenhados com uma série de preocupações e do desejo de emancipação das cooperativas. Estamos certos de que daqui sairá uma contribuição expressiva para ajudar a estruturação do nosso Congresso Nacional. As cooperativas mineiras sempre dando demonstração de apoio e prestígio ao cooperativismo com um todo, por isso que as cooperativas mineiras avançam e por isso estão aí na proa dando exemplo para o restante do país.”, celebra.

Serão realizados até o mês março de 2024 sete encontros regionais nas cidades de: Divinópolis, Uberlândia, Belo Horizonte, Montes Claros e Unaí. Esses momentos terão o objetivo de apurar as demandas do cooperativismo mineiro, entendendo as características de cada região, para serem levadas para discussão nos dias 14 e 15 de maio, em Brasília, quando acontecerá o CBC. Esse é o evento mais importante do cooperativismo no Brasil, o qual proporciona um ambiente de tomada de decisões e definição dos rumos do cooperativismo no País.

Metas, objetivos e desafios do CBC

O Sistema OCB traz um desafio neste ano: “Planejar e construir, juntos, o futuro que queremos para o cooperativismo brasileiro”, que, na prática, significa alcançar resultados significativos com estratégias que impulsionam o fortalecimento e crescimento das cooperativas no Brasil. Com metas ambiciosas e inovadoras, o cooperativismo busca se alinhar às necessidades da sociedade.

Na próxima edição do congresso, o Sistema OCB planeja não apenas continuar influenciando o futuro do movimento, com foco na geração de renda e prosperidade para os cooperados e comunidades, mas também tem a intenção de desenvolver novas estratégias para atingir o Desafio BRC R$ 1 Tri, lançado em agosto de 2022. Esse desafio incentiva as cooperativas a alcançarem, até 2027, a marca de R$ 1 trilhão em prosperidade e 30 milhões de cooperados no mesmo período.

Na edição anterior, mais de 1,5 mil pessoas participaram, incluindo autoridades nacionais e internacionais, líderes cooperativistas, membros de cooperativas, embaixadores, ouvintes e representantes da imprensa. Todos se reuniram para debater sobre o futuro do cooperativismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Sistema Fecomércio MG na Rua chega a Valadares

🔊 Clique e ouça a notícia GOVERNADOR VALADARES – Para fomentar o comércio local, o Sistema Fecomércio MG na Rua chegou a Valadares nesta quinta-feira (18). O evento reunirá não