Valadarense é ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu em Vitória

0
1966
Jhonne Maspole ao lado do professor Alexandre Ari, ambos da academia Projeto Social Arte Suave. Foto: Divulgação

O lutador de jiu-jitsu Jhonne Maspole, da academia Projeto Social Arte Suave, em Governador Valadares, foi medalhista de ouro e bronze no Campeonato Brasileiro X Combate de Jiu-Jitsu, disputado no final de semana em Vitória (ES). Jhonne venceu na categoria absoluto e ficou em terceiro lugar na categoria GI. O campeonato foi organizado pela Confederação Brasileira de Lutas Profissionais (CBLP).

Jhonne precisou superar diversos obstáculos para enfrentar seus adversários no X Combate de Jiu-Jitsu. O lutador perdeu 20% da visão devido a uma infecção na infância – toxoplasmose ocular. Mas a doença não afastou Jhonne dos tatames. Pelo contrário, o esporte o ajudou a recuperar a autoestima. “Treino e luto com atletas normais. Mas isso pra mim não é nenhum problema. Essa conquista significa que posso ir além”, diz.

O lutador comentou como foi passo a passo até chegar ao pódio. “Ao chegar em Vitória, sabia que tinha eu e mais quatro lutadores na categoria absoluto faixa azul. A primeira luta foi com um atleta 83 kg. Ganhei por pontos. Na segunda luta, o peso já foi mais alto, 94kg; porém, tive um problema no começo: ao tentar uma queda, acidentalmente lesionei o olho acabei me distraindo. Perdi por pontos. Mas no final me recuperei bem e consegui vencer”, disse.

O líder da equipe, o professor Alexandre Ari, destacou a participação do aluno no campeonato. “O Jhonne é um caso de superação. Um aluno exemplar, que sempre se destaca nos treinos. Desde o início do ano ele quis participar, então o levei para Vitória. O motivo de ter a deficiência visual não atrapalhou nos combates.  Foi muito bem e voltou com duas medalhas para a academia”, comenta.