Suspeito de matar namorado da ex, PM reformado segue foragido

0
564
Windenberg namorava a ex-mulher do suspeito. FOTO:Divulgação.

O policial reformado suspeito de assassinar um homem em um depósito de material de construção na última segunda-feira, 29, ainda não se apresentou à Polícia Civil. Ele fugiu depois de atirar contra Windenberg Magno Brandão, de 57 anos. A polícia não divulgou a identidade do suspeito, mas já se sabe que se trata de um capitão reformado da Polícia Militar e que seria residente em Galileia.

O crime aconteceu pouco antes do meio-dia. Windenberg, que era de Volta Redonda (RJ) e também tinha casa em Valadares, chegou ao depósito de material de construção em uma caminhonete. O suspeito chegou em seguida, em uma motocicleta e, assim que a vítima entrou no estabelecimento, ele disparou contra ela, matando-a na hora.

O autor do crime fugiu na motocicleta e não foi encontrado pela Polícia Militar. De acordo com as primeiras investigações, o crime foi passional. Windenberg namorava a ex-mulher do policial reformado e eles vinham tendo diversos atritos por conta disso. No dia seguinte ao crime, os dois teriam uma audiência no Juizado Especial Criminal, devido a desentendimentos anteriores.

Até a tarde de ontem, 2, o suspeito não havia sido localizado pela polícia e ainda não há informações se ele vai se apresentar à Polícia Civil.