Cemig realiza poda de árvore que estava deixando moradores do bairro Penha preocupados

ANTES

Na edição de terça-feira, 19, o DIÁRIO DO RIO DOCE noticiou o desespero dos moradores da rua Sete, no bairro Penha. Alguns deles entraram em contato com o jornal para falar de uma árvore que estava deixando todos preocupados, já que ela podia cair a qualquer momento ou causar um curto circuito. Os moradores contaram que os órgãos competentes haviam sido procurados há quase um ano, mas nada tinha sido feito. Na sexta-feira, 15, quando um temporal atingiu a cidade, faíscas saíam da rede elétrica e alguns galhos da árvore ficaram queimados.

 

ANTES

A poda da árvore na rua sete, no bairro Penha, era de responsabilidade da Cemig. O serviço foi realizado após a DIÁRIO DO RIO DOCE entrar em contato com a empresa. FOTO: Divulgação

DEPOIS

A redação entrou em contato com a Cemig e foi informada que naquele mesmo dia a concessionária mandaria funcionários ao local para fazer uma inspeção e verificar a situação da árvore. A empresa esclareceu que é de responsabilidade dela apenas a poda de árvores que estão em contato com a rede elétrica.

Cemig

A assessoria de comunicação da Cemig informou que fez a poda da árvore da rua Sete, número 171, no bairro Penha, nesta semana. Para não interromper o fornecimento de energia no local, durante o serviço, a Cemig mobilizou uma equipe de profissionais com treinamento especializado em executar serviços com a rede energizada. Esse tipo de procedimento é conhecido como manutenção em linha viva.

Para solicitar o serviço de poda de árvores que estejam em conflito com a rede elétrica, a concessionária orienta o cliente a fazer contato pela agência virtual (www.cemig.com.br), pelo 116 ou pelos postos de atendimento.

por Angélica Lauriano | angelica.lauriano@drd.com.br