[the_ad id="288653"]

Quem vence o duelo entre Democrata e Ipatinga na luta pela permanência no Módulo I do Mineiro?

Democrata e Ipatinga na luta pela permanência no Módulo I do Mineiro
FOTO: Juninho Nogueira

GOVERNADOR VALADARES – No Dia da Mentira, uma coisa se pode cravar como verdade: Democrata ou Ipatinga disputarão o módulo II do Mineiro em 2025. A decisão para definir qual dos dois times do Leste de Minas dará adeus para a divisão de elite do Campeonato Mineiro é na noite desta segunda-feira (1º), às 20h30. Com torcida única e jogando em casa, o Democrata entrará no Estádio José Mammoud Abbas, em Governador Valadares, interessado em apenas em um resultado: a vitória. Enquanto para o Ipatinga, até mesmo um empate simples – e frustrante – de 0x0 é suficiente para a permanência do Tigre no Módulo I. 

“A gente sabe bem da dificuldade que vamos encontrar. Ipatinga também joga pelo empate. Mas dentro da nossa casa, com o apoio dos nossos torcedores, a gente tem que fazer um jogo consistente e procurar ser bem eficiente pra gente buscar a vitória e a permanência nossa pro ano seguinte”, disse o técnico do Democrata, Wladimir Araújo.

Clássico regional 

Além do duelo decisivo, o treinador da Pantera também pontuou sobre a estratégia para tentar neutralizar as investidas do Tigre. Assim como ressaltou a importância do Democrata impor o ritmo de jogo desde o início da partida.     

“A gente tem que ter muita atenção, pessoalmente, no contra-ataque deles. A gente está tendo esse cuidado de ter essa preocupação. Mas não podemos perder o nosso poder ofensivo também. Acho que a equipe vem bem nos jogos em casa. Esperamos fazer um grande jogo na [segunda] e buscar essa vitória”, enfatizou Wladimir Araújo. 

Dentro de campo, o meia Bruninho espera fazer um grande jogo, e, é claro, garantir a permanência do time no Módulo I. O jogador também comentou sobre a necessidade do time entrar concentrado em campo. Ele também avalia que será um jogo bem disputado, ainda mais em se tratando de um clássico.  

“A gente se preparou da melhor forma possível. Todo mundo está concentrado e sabe o que precisa fazer nesse jogo. E caprichar nesses detalhes e entrar focado pra gente conseguir os três pontos, principalmente, a vitória e a permanência no Mineiro. […] É clássico, então, a gente não pode errar. Então a gente precisa caprichar para fazer os gols que a gente vem perdendo e não tomar os gols bobos que a gente vem tomando. Então praticamente entrar ligado, concentrado o tempo todo”, disse Bruninho. 

Tudo em jogo 

Tanto Democrata quanto Ipatinga tiveram um desempenho muito abaixo da média. O que levou os dois times ao triangular do rebaixamento. Pantera e Tigre acumularam erros graves dentro e fora de campo. Inclusive com direito a demissão de técnico nas últimas rodadas da fase de grupos. Seja qual time for, para ambos, o rebaixamento será uma marca na história do clube que impactará nos próximos anos. 

Depois de 4 temporadas no Módulo II, o Ipatinga conseguiu o acesso ao Módulo I em 2022. E agora o clube tenta se manter na elite do Mineiro, após a reformulação na gestão – o time concluiu o processo da SAF em janeiro de 2024. O time busca se reerguer como clube referência no interior de Minas.  

Já o Democrata vem de uma sequência histórica para o clube. Em 2023 disputou Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro Série D. Entretanto, a evolução que a Pantera conquistou nos últimos anos não se refletiu em 2024, na qual a diretoria se viu obrigada a desistir da disputa da Série D, por causa da delicada situação financeira do clube.    

Fora de campo 

O que começou como uma triangular de rebaixamento do Campeonato Mineiro se tornou um duelo decisivo para Democrata e Ipatinga. A luta pela permanência no Módulo I está rendendo discussões fora de campo. Isso porque depois do Patrocinense desistir da competição e ser rebaixado automaticamente para o Módulo II, a Federação Mineira de Futebol (FMF) teve que intervir no andamento da repescagem.

WO

Uma das mudanças foi anunciada na última terça-feira (26). Assim, o jogo que estava previsto para o dia 7 de abril ganhou uma nova data, no dia 1º de abril, segunda-feira. Além disso, com a desistência do Patrocinense, os confrontos tanto de Democrata quanto do Ipatinga contaram na tabela como WO. Sendo assim, os dois times somaram seis pontos e ganharam mais 3 no saldo de gols, por cada partida. O jogo entre o Democrata e o Patrocinense, no dia 18 de março, que terminou em 1×0, a favor do Pantera, foi anulado e o resultado foi considerado como WO. Entretanto, a desistência do time da cidade de Patrocínio não altera o resultado do jogo entre Ipatinga e Democrata, na 1ª rodada do triangular, que aconteceu no dia 12 de março, e terminou em 4×3 para o Tigre.

Contudo, fora de campo, o Ipatinga ainda tenta reverter na Justiça Desportiva a decisão da Federação em relação aos resultados de WO. “O Ipatinga Futebol Clube ajuizou uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mineira de Futebol (FMF) para pedir uma mudança no Ofício 006.2024, emitido pela FMF. Foi solicitada uma decisão rápida para suspender os efeitos do Ofício até que a questão seja totalmente avaliada”.

Ainda na nota divulgada na segunda-feira (25), o Ipatinga argumenta que “o resultado de 1 a 0 a favor do Democrata, no jogo contra o Clube Atlético Patrocinense, deve ser mantido. Isso porque a desistência oficial do Patrocinense do Campeonato Mineiro de 2024 aconteceu durante a quarta rodada da Repescagem, o que significa que os resultados anteriores à desistência devem ser mantidos conforme as regras previamente estabelecidas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Cruzeiro demite o técnico Nicolás Larcamón

🔊 Clique e ouça a notícia BELO HORIZONTE – Após a derrota por 3 a 1 para o Atlético-MG, nesse domingo (7), o Cruzeiro demitiu o técnico Nicolás Larcamón. O