Hospital tem mural de fotos da UTI neonatal em alusão ao Novembro Roxo

O dia 17 marca a Campanha Mundial da Prematuridade e, para isso, a equipe da UTI Neonatal do Hospital Municipal (HM) promoveu um ensaio fotográfico com 15 bebês internados na unidade

Você sabia que novembro também é conhecido como “Novembro Roxo”? No dia 17 deste mês é celebrado o Dia Mundial da Prematuridade e, para marcar a data, a equipe da UTI neonatal do Hospital Municipal (HM) preparou uma ação muito especial: um mural de fotos com o tema “Quando o amor chega mais cedo”.

Para isso, a equipe contou com uma ajudinha do fotógrafo urbano Lanini. No último domingo (3), Urbano foi até a UTI e promoveu um ensaio fotográfico com 15 bebês internados na unidade. Todo o trabalho durou 2 horas, pois aconteceu de acordo com a rotina dos pequenos pacientes. As meninas usaram lacinhos e pulseiras roxas, e os meninos gravatinhas da mesma cor. Os adereços foram confeccionados pela enfermeira Cínthia Porto Rodrigues e algumas mães. “Todo ano realizamos ações nesse período. No ano passado nossos bebês se transformaram em super-heróis, e desta vez focamos na cor alusiva ao tema”, disse Cínthia.

A dona de casa Ludmila da Silva Araújo participou da ação com a filha Larissa Vitória. De acordo com ela, a prematuridade está sendo um desafio, e encontrar apoio na família e nos servidores da UTI tem sido fundamental. “Tive minha filha com 33 semanas, foi um susto, não sabia como lidar, e estar aqui vendo outras mães na mesma situação que a minha, e a equipe nos acolher dessa maneira é muito importante. E com relação ao projeto, ver minha pequena linda assim foi mais gratificante ainda”, afirmou ela.

De acordo com a psicóloga Maria Teresa Ali, as mães de UTI também precisam de atenção, pois, nessa situação, elas se sentem frustradas, por às vezes não poderem cuidar de seus filhos da maneira como idealizaram. “O projeto contou com uma roda de conversa para que elas pudessem falar de suas angústias e vivências de ter um bebê na UTI neonatal. Essa participação proporcionou a elas uma forma de ‘maternagem’, pois se sentiram envolvidas no cuidado e humanização de seus bebês”, revelou.

E o resultado dessa sessão de fotos está exposto no corredor de entrada da UTI neonatal. Na sexta-feira (8), mães e servidoras montaram um mural e nele estão expostas algumas das fotos. No final do mês os pais vão poder ficar com as fotos.