[the_ad id="288653"]

Escritora valadarense usa a literatura para conscientizar crianças sobre preservação ambiental

FOTO: Arquivo Pessoal

GOVERNADOR VALADARES – Na última quinta-feira, dia 18 de abril, foi celebrado o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi escolhida para homenagear o primeiro autor brasileiro a escrever para as crianças: Monteiro Lobato. Entretanto mais do que nunca, o dia enaltece a literatura infantil brasileira como um todo. E, assim, evidencia a importância de cultivar o hábito nos pequenos cidadãos e torná-los seres conscientes, críticos e atentos.

“ABC da Extinção – Animais Amazônicos e Mata Atlântica”

Portanto, por acreditar fielmente no poder educador da literatura infantil, a valadarense Rielly Timóteo lançou o livro “ABC da Extinção – Animais Amazônicos e Mata Atlântica”. Na obra, a escritora traz, em poesias lúdicas, informações valiosas sobre a necessidade de cuidar de animais que há tempos correm o risco de extinção. “O livro aborda de forma lúdica e assertiva sobre o mau comportamento do homem perante a natureza. Faz com que as crianças criem e aprimorem sua consciência ambiental e social. Tem sido alvo de trabalhos escolares tanto no Brasil, quanto em Portugal. E isso me deixou completamente realizada, saber que o meu sonho de infância tem inspirado muitas outras pessoas”, disse.

Em entrevista ao DIÁRIO DO RIO DOCE, a autora revela, sobretudo, que a inspiração para a obra surgiu ao ver um programa televisivo exibir uma notícia sobre um animal que corria risco de extinção. Para ela, o impacto da informação foi tanto que no mesmo momento decidiu escrever sobre o assunto. Após isso, quando percebeu, havia elaborado todo o livro em apenas seis horas.

“Me sensibilizou. Como escritora, fiz logo um poema expondo o que senti. Decidi na mesma hora pesquisar mais sobre os animais em risco de extinção e, para minha tristeza, havia muitos animais que conheci ou ouvi falar na minha infância, como o lobo-guará, mico-leão-dourado, boto-cor-de-rosa, etc. Resolvi escrever sobre cada um deles, falando sobre suas características e sobre o que estava fazendo com que esses animais estivessem em risco de extinção”, explica Timóteo.

Paixão pela literatura surgiu ainda na infância

Aos 33 anos e morando atualmente em Portugal, Rielly pontua que a paixão pela escrita e pela literatura surgiu ainda na infância. Dessa forma, o incentivo vindo de sua mãe, que também escreve, ajudou a alimentar o sonho de um dia chegar à tão esperada publicação. “Ainda criança eu tinha o sonho de escrever um livro. Esse sonho nasceu dentro da sala de aula, lendo o livro de Cecília Meireles ‘Ou Isto ou Aquilo’. Me encantei pela poesia e sempre escrevi desde então, mas nunca havia publicado meus escritos”, conta.

O “ABC da Extinção – Animais Amazônicos e Mata Atlântica” está disponível em vários sites, como o da Livraria Ipê das Letras, na Amazon. Há também a oportunidade de adquirir por encomenda na Livraria Leitura e também o e-book através do Atlantic Books.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Ibituruna será palco de música autoral neste sábado

Ibituruna será palco de música autoral neste sábado

🔊 Clique e ouça a notícia GOVERNADOR VALADARES – Prepare-se para muita música autoral! Neste sábado, dia 18, três talentos de Governador Valadares, se unem para o projeto “Autoralma”. Ramon