Vale desautoriza nominalmente advogado por Equipe AE

0
318
o advogado Sergio Bermudes, um dos principais defensores da mineradora, afirmou à imprensa que "não vê responsabilidade" da companhia sobre o rompimento da barragem em Brumadinho. FOTO: Divulgação

A assessoria de imprensa da mineradora Vale atualizou nota divulgada à imprensa e desautorizou nominalmente o advogado Sergio Bermudes a falar em nome da companhia. “A Vale não reconhece as declarações feitas à mídia pelo advogado Sergio Bermudes e afirma que seu mandato não o autoriza a dar quaisquer declarações sobre a Vale, seja em nome da empresa, seja para expressar a sua opinião pessoal sobre o tema do rompimento da barragem em Brumadinho (MG)”, cita a nota atualizada.

Assim como citado em nota divulgada mais cedo, a empresa volta a ressaltar “de forma enfática” que continuará contribuindo com “todas as investigações para a apuração dos fatos e que esse é o foco da sua diretoria, juntamente com o apoio incondicional às famílias atingidas”. “A Vale reitera o compromisso de reparação total dos impactos decorrentes do rompimento”, completa o texto.

Mais cedo, o advogado Sergio Bermudes, um dos principais defensores da mineradora, afirmou à imprensa que “não vê responsabilidade” da companhia sobre o rompimento da barragem em Brumadinho e que já havia enviado à Justiça mineira pedido de reconsideração sobre as decisões que bloquearam R$ 11 bilhões do caixa da empresa.