Ministérios Públicos e Defensorias Públicas contestam liberação de consumo de peixe do rio Doce pela Anvisa

0
1283
FOTO:Divulgação

As instituições dos Sistema de Justiça que atuam em defesa das pessoas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, ocorrido em 2015, em Mariana (MG), divulgaram na última sexta-feira, 7, nota pública contestando a liberação do consumo diário de 200 gramas de peixe pescado no rio Doce e na costa marinha afetada pelos rejeitos da […]