Tiro de Guerra 04-007 faz seleção para formação da turma que servirá em 2019

0
409

O Tiro de Guerra 04-007 iniciou na manhã desta segunda-feira (11), na sede da instituição, em Governador Valadares, a seleção complementar para eleger 200 jovens da classe de 2000 que formarão a turma de atiradores deste ano. Os novos atiradores receberão instruções militares entre os dias 1º de março e 30 de novembro. A seleção prossegue até o dia 25 deste mês.

Ao todo, 539 jovens se apresentaram nesse período. De acordo com o comandante do Tiro de Guerra, subtenente Walbec Mota Macedo, a expectativa para este ano é de que o número de voluntários para prestar o Serviço Militar no Tiro de Guerra aumente em relação aos outros anos. “Se isso acontecer, atribuiremos tal fenômeno ao excelente trabalho que tem sido realizado pelos atiradores e à melhoria no comportamento dos membros perante a sociedade valadarense”, esclarece o comandante.

Durante o processo de entrevista, realizado pelos instrutores do estabelecimento de ensino, os jovens são orientados sobre as vantagens e a importância da prestação do Serviço Militar. “As atividades desenvolvidas no TG, como desfiles, olimpíadas esportivas, tiros, treinamento físico militar (TFM), curso de brigadista/primeiros socorros, entre tantas outras, incentivam os atiradores a estudar para realizar os concursos de admissão para as Forças Armadas e as forças de segurança, como Polícia e Bombeiros, oferecendo assim, condições para o prosseguimento na carreira”, garante Walbec.

Caso deixem de comparecer à seleção complementar, os jovens podem ser considerados refratários para o Serviço Militar, tendo prioridade para servir no próximo ano. Além disso, ficam sujeitos a multa e penalidades mais sérias, como não retirar passaporte, efetivação em emprego formal, matrícula em curso superior. Também estarão impossibilitados de prestar qualquer concurso público.

por Felipe Ribeiro – colaborador felipe.costa.fcr@gmail.com