Polícia Civil indicia quatro pessoas por uso de documentos falsos

FOTO: Divulgação/PCMG

IPATINGA – Em uma operação conduzida pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), quatro pessoas foram indiciadas por uso de documentos falsos em Ipatinga. Entre os indiciados, três são despachantes que exerciam suas atividades na cidade.

A denúncia que desencadeou a investigação foi formalizada por representantes do Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas de Minas Gerais (CRDD/MG). Segundo a denúncia, os despachantes investigados estariam operando de maneira irregular, obtendo suas credenciais com base em documentos falsificados.

Conforme as investigações, os indiciados não possuíam o tempo mínimo de experiência exigido para exercer a função de despachante. Para contornar a exigência, eles teriam colaborado com terceiros para fraudar as certidões ou declarações necessárias para obter a autorização do CRDD.

As autoridades destacam que a utilização de documentos falsos para obter licenças profissionais é uma prática ilegal que compromete a credibilidade do sistema regulatório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[the_ad_placement id="home-abaixo-da-linha-2"]

LEIA TAMBÉM

Homem é assassinado a tiros no Vila Isa

🔊 Clique e ouça a notícia GOVERNADOR VALADARES – Um homem, de 39 anos, foi assassinado no bairro Vila Isa, em Governador Valadares, na noite desse sábado (18). Altair Celestino