Namoro legal

0
390

Caro leitor, nessa semana recebi um presente precioso: a Cartilha Namoro Legal, organizada pelo Ministério Público de São Paulo. A responsável pela cartilha é a promotora Valéria Diez Scarance Fernandes, coordenadora do Núcleo de Gênero do MPSP e idealizadora do #namorolegal – uma campanha de prevenção de relacionamentos abusivos. Essa campanha foi motivada pelas preocupantes estatísticas que mostram que relações abusivas frequentemente evoluem para agressão. Os números são aterradores: No Brasil, 42% das mulheres entre 16 e 24 anos sofreram violência em 2018 (Pesquisa Visível e Invisível 2019 do Fórum Brasileiro de Segurança Pública).

A cartilha traz dicas preciosas para as jovens “despertarem”, quando estiverem numa relação abusiva. É feita em pequenos capítulos, na forma de dicas. Leitura fácil e rápida. Pode ser trabalhada em sala de aula, na hora do almoço de família… Enfim, um instrumento precioso de prevenção de violência.

A cartilha está em PDF e é facilmente acessada no Google. É só digitar #CartilhanamorolegalMPSP.

Olhem as dicas resumidas:

1) Confie nas atitudes, não nas palavras: O crush muitas vezes faz lindas declarações de amor, mas tem atitudes castradoras, proibindo as roupas da namorada e suas amizades. Ainda tem o hábito de diminuir as qualidades da namorada. Fuja desse cara!

2) Seu espaço é só seu: Não abandone seus amigos, família, escola, lazer e trabalho pra ficar só com o crush! Não deixe de lado o que te faz feliz. A relação não deve anular a pessoa. Não abra a mão de ser você mesma.

3) O código da boa namorada: Não existe código. As relações não são perfeitas. Afinal, são dois seres humanos. Então, nada de moldar a namorada. Quando duas pessoas namoram, devem manter sua individualidade: gosto por roupas, amizades, etc.

4) A chave da sua vida: Num namoro saudável, cada um fica com a chave da vida em seu bolso. Não se deve “largar tudo” pelo namorado. Isso não dá certo. Namoro não é prisão. Tá ligada?

5) Não vá morar na Lua: Estar apaixonada é uma delícia! Curta sua paixão, mas sem tirar o pé da terra. Não abra mão dos seus amigos e da sua família. Se eles são sinceros e dizem coisas que desagradam, lembre-se que a sinceridade é uma característica de quem se preocupa com você.

6) Saia dessa montanha-russa de emoções: Se num dia ele se desdobra pra te agradar e no dia seguinte ele te agride ou te desmoraliza na frente dos amigos, algo está muito errado. Duas perguntas: As pessoas dizem que você mudou depois que começou a namorar? Você já teve medo dele? Então pule fora dessa relação, MIGA!

7) Sorry, fera não vira príncipe com seu amor: Lamento dizer, mas seu amor não vai mudar esse crush violento e abusivo. Ele te ataca, depois pede perdão, dá flores… Hum, MIGA! Sai dessa!

Eu sempre digo pras minhas pacientes: NAMORAR TEM QUE SER BOM E DIVERTIDO, SE NÃO FOR: DÁ LINHA!!!!

Coluna Adolescer Bem | Autor: Darlan Corrêa Dias | Essa coluna é quinzenal, se desejar tirar dúvidas ou sugerir um assunto, utilize o e-mail adolescenteconfidente@gmail.com.