Menino desaparecido no Santa Rita é encontrado morto no rio Doce

A morte de Davi Barbosa, de 5 anos, deixou abalados os parentes, amigos e até quem não o conhecia. FOTO: Ilustrativa

A notícia de que um garoto de cinco anos havia desaparecido na tarde de quarta-feira, 7, no bairro Santa Rita, deixou muitos valadarenses preocupados. Vários compartilhamentos foram feitos nas redes sociais e grupos de WhatsApp procurando por Davi Barbosa, portador do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Davi estava com a mãe em um velório, quando saiu correndo e desapareceu.

Na mesma hora, várias pessoas que estavam no velório e outras do bairro se mobilizaram para procurar o garoto, mas não o encontraram. As buscas continuaram durante toda a tarde e na noite de quarta-feira. Por volta das 22h50, o corpo de Davi foi encontrado no rio Doce. Os bombeiros militares removeram o corpo dele, que foi levado para o IML.

A notícia da morte de Davi abalou a família, amigos e até mesmo quem não o conhecia. A Prefeitura Municipal publicou em suas redes sociais uma nota de pesar pela partida prematura do pequeno Davi. “Governador Valadares amanhece tomada pela tristeza ao se despedir, cedo demais, do pequeno DAVI, filho amado, aluno querido da nossa Escola Municipal Dona Lina Marteli e do CRAEDI, menino especial, que em sua partida precoce agigantou os mais nobres sentimentos do povo da nossa cidade, irmanada na empatia, nas orações, na esperança e finalmente na solidariedade diante da dor de uma família que tornou-se de todos. Que Deus receba o Davi em seus braços, conforte os corações que sofrem sua perda e nos permita ser gratos pela sua vida eterna”.

O corpo de Davi começou a ser velado ontem às 13 horas e foi enterrado às 17 horas no Cemitério Memorial Park, em meio a muita comoção, principalmente dos pais de Davi, que estavam desesperados, informou  uma amigo da família ao DIÁRIO DO RIO DOCE.

por Angélica Lauriano | angelica.lauriano@drd.com.br