Gerentes de RH de empresas em Valadares conhecem o Banco de Empregos

432
A reunião da SMDE teve o objetivo de mostrar aos empregadores que o Banco de Empregos oferece opções de candidatos às vagas de trabalho

Na manhã desta quarta-feira (21), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) fez uma reunião com gestores de recursos humanos de empresas de Governador Valadares para passar informações sobre o Banco de Empregos. A oportunidade foi uma forma de mostrar aos empregadores que o projeto oferece opções de candidatos para preencherem as vagas de empregos.

Segundo a diretora do Departamento de Fomento ao Trabalho, Socorro Bretas, o objetivo é colocar e recolocar pessoas no mercado de trabalho, fazer uma interlocução. “Aqui cadastramos os currículos, fazemos também, caso a pessoa não tenha, e ainda temos 71 opções de cursos em parceria com a UAITEC, para capacitar esses candidatos”, ressaltou.

Para Queila Oliveira, chefe de recursos humanos de uma empresa na cidade que conta hoje com um quadro de 45 funcionários, muitas vezes há dificuldades para os gestores no processo de seleção, e a criação do Banco de Empregos tem ajudado muito nesse quesito. “Acho a ideia fantástica, muito efetiva, funciona como um filtro que já nos direciona o candidato com o perfil que estamos buscando, tanto que minha empresa foi a primeira a contratar via Banco de Empregos”, admite.

Autor do projeto de lei, o vereador Paulinho Costa (PDT) afirmou que, em tempos de redução das oportunidades no mercado de trabalho, é importante encontrar formas de viabilizar o primeiro emprego para muitos jovens. “Fui secretário de Desenvolvimento Econômico em Valadares e sei bem a necessidade de empregos na cidade. O prefeito André Merlo está implementando nossa lei conforme a necessidade do município, que sofre com oferta de vagas de trabalho. Estou bastante otimista com o prosseguimento da nossa lei”, avaliou o vereador.

Durante a reunião, Paulinho também falou da importância da qualificação do candidato na hora de procurar trabalho. “Eles gostaram da proposta e aderiam à ideia. Durante a reunião, também apresentei à Secretaria de Desenvolvimento uma proposta para a qualificação de zeladores, porteiros de condomínios e prédios residenciais na cidade. Ter um profissional que seja responsável pelo atendimento e segurança patrimonial dos prédios faz com que a profissão de porteiro seja mais qualificada”, explicou.

Como funciona o Banco de Empregos?

De acordo com a Prefeitura, além da disponibilização para consultas, vagas de trabalho serão levantadas junto as empresas do município, de acordo com suas necessidades. A Secretaria indicará os candidatos para os processos seletivos das empresas interessadas. Outra vantagem para os empregadores é que o serviço contribui para diminuir os custos e as filas na porta das empresas, já que o programa realiza as etapas do processo de seleção solicitado para a vaga. Além disso, pelo serviço, o empregador tem a oportunidade de divulgar, gratuitamente, suas vagas de trabalho e obter candidatos pré-selecionados, conforme o perfil desejado.

Quem quiser cadastrar seu currículo deve se dirigir à Secretaria Municipal de Desenvolvimento, localizada na rua Belo Horizonte, 740, Centro. Para mais informações, o número de contato é 3271-5010.

Foto: Pedro Mendes/SECOM/PMGV