domingo, agosto 25, 2019

Amizade íntima

O ditador Fidel Castro recebeu os parlamentares que participaram de um voo inaugural para Cuba, nos anos 1980. Um deles, o deputado estadual paulista Waldemar Chubaci, que conhecera o líder cubano em outra ocasião, resolveu chamá-lo por um apelido pouco conhecido dos brasileiros: “Comandante Fifo…” Mais tarde, os demais parlamentares resolveram chamar sua atenção: “Como […]

Candidato incondicional

No final de 1959, Quintanilha Ribeiro recebeu a cúpula da UDN (Carlos Lacerda e Magalhães Pinto, entre outros) em uma reunião para pressionar Jânio Quadros a ser candidato a presidente, “desde que aceitasse algumas condições”. Incomodado com a pressão, Jânio pediu uma “licencinha” e saiu da sala. Todos ficaram tomando uísque, imaginando que o pré-candidato […]

Tentativas e erros

Certa vez, o então governador Luiz Antônio Fleury chegou a Barretos (SP) e logo um garoto o chamou de “Fernando Henrique”. Bem humorado, ele avisou que não era FHC e o garoto falante se corrigiu, mencionando outro adversário do governador: “Você é o Quércia!” Diante do espanto de Fleury, o menino se entregou: “Já sei, […]

Reserva capilar

O então ministro Luiz Furlan (Desenvolvimento) apareceu na antessala do petista Lula, certa vez, e encontrou o então presidente da Infraero, José Carlos Pereira, coçando a calva avançada. E foi logo pilheriando: “E aí, perdendo os últimos fios de cabelo com a crise nos aeroportos?” O brigadeiro pareceu não ter apreciado a piada: “Na verdade, […]

Protocolo janista

Informado de que o presidente Juscelino Kubitschek estaria em evento da Fiesp, em São Paulo, o governador Jânio Quadros disse que o hospedaria com prazer. “Mas ele quer ficar num hotel da cidade”, avisou um assessor. Nesse caso, ponderou Jânio, ele não precisaria saber da ilustre visita: – Quem fica em hotel deve ser recebido […]

Disque-Hélio

Enfrentando o notório boêmio Hélio Garcia na disputa pelo Governo de Minas, nos anos 90, o governo tucano lançou um “disque-pileque”. Era um telefone disponibilizado para quem, depois de entornar uns copos, não se sentisse em condições de dirigir. Um PM seria destacado para conduzir o carro até em casa. A vice tucana Dorothéa Werneck […]

Nobre malvadeza

Os senadores discutiam o projeto de recriação da Sudene, na Comissão de Desenvolvimento Regional, quando o tucano Tasso Jereissati (CE) passou a palavra ao então senador “Antônio Carlos de Magalhães”. Explicou que a preposição foi usada, no passado, para designar nobres, “e não há político mais nobre que ACM”. O velho babalaô falou e depois […]

O voto de cabresto

Trinta anos antes do documentário “Peões”, sobre a trajetória de Lula, o documentarista Eduardo Coutinho imortalizou em “Teodorico Bezerra – O Imperador do Sertão” a história do major potiguar que pedia votos assim: – Olhe, você não tem um boi, uma galinha, um terreno… Nada para me dar. Você só tem o voto. É só […]

Um cruzado de HH

Discutia-se no Senado a violência contra a mulher quando Ney Suassuna (PMDB-PB) cutucou Heloisa Helena (Psol-AL) com vara curta, lembrando que os homens também são vítimas de violência doméstica, embora não apareçam nas estatísticas. A valente senadora exibiu os bíceps: – Fique calado, se não o senhor será responsável pelo aumento das estatísticas… ___ Com […]

Esportes favoritos

Meses depois da Copa do Mundo de 1994, quando o Brasil venceu a Itália e conquistou o tetra, o então vice-governador Geraldo Alckmin e o secretário de Planejamento paulista, André Franco Montoro Filho, conversavam em Roma com Giorgio Mottura, presidente da federação das indústrias da Itália. Para ser simpático, Mottura fez uma brincadeira: “Os italianos […]

NOTÍCIAS RECENTES