Procuradora Raquel Branquinho defende relatórios de inteligência do Coaf

0
385
Raquel Branquinho, procuradora regional da República. FOTO; Divulgação.

A procuradora regional da República Raquel Branquinho, que atua na Procuradoria-Geral da República como secretária da função penal originária no Supremo Tribunal Federal, defendeu enfaticamente os relatórios de inteligência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), braço vital do Ministério de Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) Na quinta, 24, último dia do Fórum […]