Vacina contra a influenza termina no próximo dia 31. GV registra o primeiro caso

0
1463
FOTO:Divulgação

Professores de escolas públicas e privadas devem ficar atentos ao prazo de encerramento – dia 31 de maio – da 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, popularmente chamada de gripe. Os educadores fazem parte do grupo prioritário para receber a vacina. Em Minas Gerais, a meta é imunizar 261 mil professores. Até esta sexta-feira (24) foram vacinados 77% desse total. Governador Valadares acaba de registrar o primeiro caso da doença, em um idoso que foi tratado e já se encontra em casa.

De acordo com a coordenadora estadual de Imunizações da Secretaria de Estado de Saúde, Josianne Dias Gusmão, a vacinação é fundamental como estratégia de prevenção contra a gripe e tem se mostrado eficaz na redução de internações, complicações e óbitos causados pelo vírus da Influenza.

“A transmissão ocorre principalmente através do contato com partículas eliminadas por pessoas infectadas ou mãos e objetos contaminados por secreções. Por isso, o índice de transmissões de gripe é muito elevado em ambientes escolares. Sendo assim, é muito importante que todos os professores estejam vacinados”, explica.

Patrícia Resende de Oliveira, professora de geografia na Escola Estadual Delfino Magalhães, em Montes Claros, no Norte de Minas, disse ser extremamente importante os profissionais de ensino se vacinarem todos os anos. Ela já deu o exemplo e tomou a vacina logo no início da campanha de imunização.

“Nós professores não podemos deixar de nos imunizar. Dessa forma, evitamos que a gripe se espalhe. Eu dou aula para cerca de 230 alunos todos os dias, então, não posso esquecer de tomar a vacina. É minha contribuição para conter a proliferação da doença. Desde quando começaram as campanhas, eu sempre participei”, relata a professora, que trabalha na rede estadual de ensino há oito anos.

Primeiro caso em GV

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, através de nota enviada à redação na última sexta-feira, 24, que foi confirmado o primeiro caso de Influenza A H1N1 em Governador Valadares neste ano de 2019. É um paciente de 61 anos de idade, renal crônico, que recebeu alta nesta quinta-feira (23) e já está em casa. O resultado foi confirmado pelo laboratório de referência da Fundação Ezequiel Dias (FUNED), em Belo Horizonte. “Não há motivo para alarde. No entanto, a SMS orienta sobre a importância da vacina contra a gripe, cuja campanha termina no próximo dia 31”, destaca a nota.

A meta do Ministério da Saúde é que 90% do público-alvo da campanha seja imunizado na cidade. No entanto, conforme dados apurados pela SMS até o dia 23 de maio nas 39 salas de vacina do perímetro urbano e nas 10 unidades da rural, apenas 76,93% do público-alvo foi vacinado. Dessa forma, a SMS orienta quem ainda não se vacinou a procurar a unidade de saúde mais próxima de casa para receber a imunização.

O público-alvo da campanha são crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da área da saúde, professores (rede privada ou pública), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, povos indígenas, pessoas acima de 60 anos e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis (estas devem apresentar justificativa médica para receber a dose da vacina).