Após goleada, Democrata tenta se reerguer no Campeonato Mineiro

Equipe do Uberlândia goleou o Democrata e encaminhou sua classificação para a próxima fase do Campeonato Mineiro Módulo II. FOTO: Juninho Nogueira

Faltando apenas três rodadas para o fim da fase classificatória do Campeonato Mineiro do Módulo II, o Uberlândia goleou o Democrata por 4 a 1 na noite de segunda-feira (1), no Mamudão. O Verdão do Triângulo Mineiro venceu com gols de Jhulliam (duas vezes), Tayron e Darlã; Victor Valle descontou para a Pantera. Com o resultado, o Uberlândia vai para 19 pontos em oito rodadas, e continua na vice-liderança. O Democrata segue com 11 pontos, na sexta posição.

Em jogo com fraco desempenho da equipe valadarense, o Uberlândia não tomou conhecimento do Estádio José Mammoud Abbas e encaminhou sua classificação para a próxima fase. Nos primeiros minutos da partida, o Democrata manteve a posse de bola dentro do campo adversário, porém, pouco ameaçava. Na primeira tentativa do Uberlândia, aos 13 minutos, após confusão na área da Pantera, a bola sobrou para o atacante Jhulliam, que, sozinho na área, só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes do goleiro Victor  Lube. A primeira chance clara da equipe do Democrata veio aos 17 minutos, com o atacante equatoriano Canga Carabali, que recebeu lançamento de Fagner, mas mandou a bola para fora.

FOTO: Juninho Nogueira

Em busca do empate, a Pantera perdeu várias chances. Aos 23 minutos, uma jogada que dificultaria ainda mais a vida da Pantera: na tentativa de cortar a bola, o lateral esquerdo Andinho levantou demais o pé na dividida contra o Aslen e foi expulso direto. Com a expulsão de Andinho, o auxiliar técnico do Democrata, Gera, teve de improvisar o volante Ítalo na lateral esquerda. Não demorou muito tempo para o time do triângulo mineiro ampliar o placar. Em cobrança de falta, o volante Luiz Alexandre bateu bem na bola, que ainda desviou no zagueiro Tayron: 2 a 0 Uberlândia. Mesmo pressionado, ao final do primeiro tempo o Democrata conseguiu diminuir o placar, aos 37 minutos, com gol de pênalti do meia equatoriano Victor Valle: 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo o Democrata não conseguia impor o ritmo na partida. Com as entradas do atacante Erik Gladiador e do lateral João Carlos, nos lugares de Yago e Ítalo, a Pantera voltou a aumentar a pressão sobre o adversário. Mas o time de Uberlândia manteve a posse de bola e chegou ao terceiro gol, aos 30 minutos. Com falha bizarra do zagueiro Fagner, o atacante Jhulliam aproveitou para avançar e marcar o segundo dele na partida, o terceiro do Uberlândia: 3 a 1. O terceiro gol abalou de vez a equipe do Democrata, que não estava mais conseguindo manter o domínio da bola, o que levou a torcida a começar a deixar as dependências do Mamudão. Aos 39 minutos, o volante Darlã, do Uberlândia, acertou um chute forte de fora da área, sem chances para a defesa de Victor Lube, ampliando o placar para 4 a 1 e decretando o fim da partida.

Com a derrota, a equipe do Democrata segue na 6ª posição, com 11 pontos.Foto: Juninho Nogueira

Para o técnico do Democrata, Wandinho, as falhas do sistema defensivo foram fundamentais para o tropeço da equipe valadarense. “Falhamos muito individualmente. Todo o sistema tático estava perfeito, até acontecer a expulsão do nosso jogador. Mas, com outra falha individual, o jogo ficou do jeito que o Uberlândia mais gosta de jogar, explorando o contra-ataque. Aí fica difícil segurar”, desabafou.

Próximo compromisso será novamente em casa

Na próxima rodada, o Uberlândia volta a jogar em casa e recebe o Athletic, no domingo, às 10 horas, no Parque do Sabiá. O Democrata joga novamente no Mamudão e recebe o CAP Uberlândia, às 20 horas, na segunda-feira, dia 8. Para o jogo contra o CAP, a Pantera não vai poder contar com os jogadores Victor Valle, Yan e Andinho. “Sobre os desfalques, nós iremos optar pela entrada do Capella e, provavelmente, do Christian, na ala esquerda, e João Carlos, pelo lado direito. Mas isso ainda não está definido, pois vamos acompanhar os treinos nos próximos dias. Estamos confiantes na classificação, pois nosso elenco é muito forte”, afirmou o técnico do Democrata.

Ficha técnica

  • Democrata: Victor Mathias Lube Moreira; Yan Dutra; Dodo Douglas Nunes; Fagner Ferreira da Silva; Ítalo Moreira Barcelos; Anderson dos Santos; Wallisson Luiz; Erick; Mamita Carabali; Victor Valle; Yago Gonçalves. Técnico: Wandinho.
  • Uberlândia: Jeferson; Adriano Martins; Tayron Felipe; Rogério Rodrigues; Guilherme Pereira; Fernando Gomes; Luiz Alexandre; Jhulliam Bonfim; Carlos Magno; Aslen Kevin; Diego de Souza. Técnico: Winnicius Marquezine.
  • Árbitro: Paulo César Zanovelli (CBF).
  • Publico: 3.325.
  • Renda: R$ 54.717,50.

por Eduardo Lima | eduardolima@drd.com.br