Vereador quer que o ministro Sérgio Moro acompanhe ações judiciais contra a Samarco

292
A proposta do vereador tem como finalidade dar mais celeridade aos processos que não andam na justiça. FOTO:Divulgação.

O vereador Paulinho Costa (PDT) apresentou no último dia 4 de abril, durante uma Reunião Ordinária, um requerimento à Mesa Diretora da Câmara Municipal de Valadares, solicitando o envio de ofício ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, para que, através do Departamento de Promoção de Políticas de Justiça, o Governo Federal acompanhe de maneira mais próxima e incisiva as medidas judiciais que estão em tramitação no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, em desfavor da Samarco, Vale e BHP.

O Ministério da Justiça é a entidade governamental com a finalidade de gerir os assuntos nacionais pertinentes ao Poder Judiciário, polícias, manutenção e defesa dos Direitos Humanos, e outros temas institucionais pertinentes ao Direito, no que diz respeito ao papel do Executivo junto a entidades (públicas ou privadas) e ao cidadão.

Desde a tragédia de Mariana, quando uma barragem se rompeu, ceifando vidas, dilacerando o meio ambiente, o nosso Rio Doce, e abalando centenas de municípios, principalmente Governador Valadares, quase 50.000 (cinquenta mil) processos abarrotam o Poder Judiciário mineiro.

“Mais de três anos se passaram e não existem respostas para o nosso povo, por isso suplicamos a atenção do ministro Moro e sua equipe. A Samarco não pode continuar impune. Além das obras de recuperação do nosso Rio Doce, de captação alternativa, e outras mais, é importante que essas indenizações pleiteadas na justiça por danos materiais e morais tenham um desfecho. O acompanhamento dessa situação por parte do ministro Moro vai ser muito importante”, afirma o vereador Paulinho Costa.