“Vamos vender tudo”

FOTO: Divulgação

Ministro Onyx Lorenzoni, sem informar a data da ‘black friday’ de estatais

Ministro lembra Democracia para criticar Janot

Responsável pela ordem para a Polícia Federal apreender armas em endereços de Rodrigo Janot, o ministro Alexandre de Morais é um dos mais impactados no Supremo Tribunal Federal (STF) com a confissão do ex-procurador geral da República de que planejou matar o ministro Gilmar Mendes. “Não existe Democracia em que um PGR declara que entrou armado na Suprema Corte para matar um ministro”, desabafou.

Rapidez necessária

Alexandre de Moraes atendeu incontinenti o pedido de Gilmar Mendes, por ofício, para suspender o porte e apreender armas de Janot.

Entrada proibida

Diante da impressão geral de que Rodrigo Janot pode não estar em seu juízo perfeito, sua entrada no STF também foi proibida.

Distância prudente

Alexandre de Moraes também proibiu Janot de chegar a menos de 200 metros de qualquer ministro do STF.

PM à disposição

O governador Ibaneis Rocha, indignado com o fato, colocou o aparato de segurança do Distrito Federal à disposição de Gilmar e do STF.

Ao focar em Sérgio Moro, Lula ignora TRF e STJ

O ex-presidente Lula e seus advogados apostam todas as fichas no pedido de suspeição e anulação das sentenças do ex-juiz Sérgio Moro no caso do tríplex. A ação movida no Supremo Tribunal Federal tem como base os áudios obtidos por hackers que invadiram o celular de Moro e de procuradores da Lava Jato, mas a defesa do presidiário esquece, ou finge, que as condenações foram confirmadas em 2ª e 3ª instâncias no TRF-4 e no Superior Tribunal de Justiça, respectivamente.

Provas de sobra

As provas incluídas no caso levaram o TRF-4 não apenas a manter a condenação, mas aumentar pena de corrupção e lavagem de dinheiro.

Confirmação de culpa

Depois de preso, Lula também teve recursos e habeas corpus negados no STJ, que decidiu por unanimidade manter a condenação do petista.

Justiça própria

Lula também coleciona derrotas no STF. Curiosamente, os pedidos da defesa do petista costumam furar fila, mas todos foram rejeitados.

Pergunta na porta da PGR

Se um procurador geral da República, Acusador Máximo da Nação, planejou matar um ministro do Supremo que o irritava, o que ele foi capaz de fazer com uma perigosa arma chamada caneta?

Falência da civilização

Sobre a confissão do ex-PGR Rodrigo Janot de que planejou matar Gilmar Mendes, o senador Humberto Costa (PT-PE) disse que “é a falência da civilização, é o fim do contrato social”. Janot foi nomeado e mantido por Dilma Rousseff durante quatro anos no cargo.

E a gente, ó, só pagando

Deputados e senadores já conseguiram gastar apenas este ano mais de R$ 135 milhões da grana do contribuinte apenas ressarcindo suas excelências em suas despesas, quaisquer despesas.

Alô, Lava Jato

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado quer votar na terça autorização para o Banco do Brasil contratar empréstimo de R$ 2,5 bilhões junto ao BID para ajudar municípios, no ano antes da eleição municipal. Com parecer favorável do petista Rogério Carvalho (MG).

E vai continuar

Desde 2014 as contas do governo federal estão no negativo. O rombo de 2019 totaliza R$ 139 bilhões, e a Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê R$ 124 bilhões para 2020. O vermelho deve perdurar até 2022.

Voo 1907, 13 anos

Completa 13 anos neste domingo o choque entre o Boeing da Gol e o jato Legacy, que causou a morte de 154 pessoas. E ainda há pendências na Justiça e nas indenizações. Que vergonha!

É mentira?

Está na pauta do Conselho de Ética da Câmara uma representação do PT contra o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), que disse que “PT não é Partido dos Trabalhadores, não. É Partido dos Traficantes”.

Copo meio vazio

O desemprego, que era de 12,7% no início do ano, caiu para 11,8%, e as manchetes procuraram algum jeito de tornar isso ruim. A atitude de muitos veículos confirma que estamos em busca do quanto pior melhor.

Pensando bem…

…nada vende mais livros como uma ameaça espetacular de homicídio.