Valadares recebe ações gratuitas na Semana do MEI

0
343

O Sebrae promoverá em todo o país, de 20 a 24 de maio, a 10ª edição da Semana do MEI, com uma ampla programação digital e presencial. São 2.500 eventos, entre oficinas, webinários, palestras, seminários e orientações técnicas, que têm como foco apoiar a gestão dos MEI e orientar a formalização de empreendedores interessados em registrar CPNJ como Microempreendedor Individual. O objetivo é oferecer, para os mais de 8,3 milhões de MEI em operação no país – segundo dados do Portal do Empreendedor até o final de abril – capacitação e orientação com foco no sucesso do cliente, de maneira que possam ter melhores resultados em seus negócios.

Governador Valadares é um dos municípios da Regional Vale do Aço e Rio Doce que receberão atividades e orientações da Semana do Micro Empreendedor Individual (MEI). A ação, que acontece em todo o país, tem programação específica também para: Campanário, Marilac, Galileia, Capitão Andrade, Engenheiro Caldas e São Geraldo da Piedade.

“Nossa regional terá uma programação robusta para a Semana do MEI. Serão 100 oportunidades de capacitação em 32 municípios, com temas atuais e importantes para a competitividade das empresas. Ações que o Sebrae e a rede de parceiros colocarão, de forma gratuita, à disposição dos empresários”, destaca o gerente da Regional Rio Doce e Vale do Aço do Sebrae Minas, Fabrício Fernandes.

No site do Sebrae Minas, os empreendedores poderão selecionar a cidade escolhida e ter acesso à programação presencial gratuita. Sobre as atividades, estão previstas palestras, oficinas, cursos e workshops sobre finanças, gestão, planejamento, marketing, vendas, legislação e recursos humanos.

Nos pontos de atendimento do Sebrae Minas de todo o Estado, os formalizados ainda terão acesso a informações sobre a Declaração Anual Simplificada (DASN) referente ao ano/calendário 2018, que deve ser enviada à Receita Federal até o dia 31 de maio. Eles também poderão regularizar o envio da DASN dos anos anteriores.

Além disso, colaboradores do Sebrae Minas irão oferecer orientações aos interessados em se tornar MEI. Para formalização, o empreendedor deve ter em mãos, no momento do atendimento, RG, CPF, comprovante de endereço, declaração de IR; e na falta dela, o título de eleitor, a consulta prévia aprovada no município, além do cadastro na plataforma Brasil Cidadão, do Governo Federal.