Valadares passa a operar voos que foram suspensos pela Azul em Ipatinga

0
718
Desde a última quinta-feira, 14, o Aeroporto de Ipatinga não opera os voos da Azul Linhas Aéreas. FOTO; Divulgação.

Desde a última quinta-feira, 14, o aeroporto do Vale do Aço não opera os voos da Azul Linhas Aéreas, a única que tem voos diários ligando as cidades daquela região a Belo Horizonte, com conexões para várias partes do país e do mundo. O anúncio da suspensão dos serviços pegou de surpresa os passageiros, principalmente alguns que já haviam comprado passagens e que terão de embarcar em Governador Valadares ou fazer o percurso até a capital de trem, ônibus, táxi, ou pegar o dinheiro de volta, para tentar outra alternativa.

FOTO:Divulgação.

A estrutura do aeroporto atende toda a região metropolitana do Vale do Aço e cidades próximas, e abriga voos para Belo Horizonte. O motivo da interdição, segundo a empresa, foi problema de infraestrutura detectado na pista do aeroporto, que deixou de atender aos padrões operacionais da empresa e que compromete a segurança das operações de voos. Desde a suspensão das operações, os voos de Belo Horizonte estão pousando e decolando do Aeroporto Coronel Altino Machado, em Governador Valadares. (Veja os horários abaixo)

Comunicado

Em comunicado passado à imprensa, a Azul explicou os motivos da suspensão de suas operações em Ipatinga: “A Azul Linhas Aéreas informa que suspendeu suas operações na cidade de Ipatinga por tempo indeterminado. A companhia, que constantemente analisa as condições de infraestrutura dos aeroportos em que opera, identificou que a pista do aeroporto de Ipatinga, utilizada para pousos e decolagens, não está atendendo aos padrões operacionais da empresa e, por esse motivo, decidiu realizar a suspensão. A Azul tem o compromisso de atender seus clientes com excelência, por meio de um serviço de qualidade, eficiência, presteza e, principalmente, segurança – que é seu primeiro valor. A empresa reforça que não tem o interesse em cancelar definitivamente seus voos na cidade, pelo contrário, espera que as adequações necessárias sejam feitas para que possa o quanto antes voltar a realizar seus voos na cidade mineira. Todos os clientes com voos marcados de e para Ipatinga serão reacomodados por meio de outros aeroportos ou poderão ter o valor dos seus bilhetes ressarcidos. A companhia lamenta eventuais transtornos ocorridos aos seus clientes.”

Análise jurídica

As obras paliativas para a retomada dos voos comerciais pela companhia Azul no Aeroporto Regional do Vale do Aço, em Santana do Paraíso, dependem de uma análise jurídica pelo Estado, que será apresentada no próximo 18 de fevereiro. O retorno foi dado pelo secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas (Setop), Marco Aurélio Barcelos, em reunião com a deputada estadual Rosângela Reis e os deputados federais Hercílio Coelho Diniz e Eneias Reis. O encontro ainda definiu a linha de atuação para a solução do problema em definitivo.

A esperança para a reforma emergencial é um contrato do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) para a execução de reparos. Segundo Barcelos, está em análise se, além de reparos em rodovias, o documento permite intervenções em pistas de pousos e decolagens. Caso a segurança jurídica seja garantida, será imediato o início das obras, ainda na próxima semana. A resposta será dada pela Advocacia Geral do Estado (AGE), na próxima segunda-feira (18). Não foi informado o valor necessário para os reparos emergenciais.

Alternativas

O secretário lamentou o fato de a companhia Azul não ter comunicado anteriormente com o Governo do Estado, para que os reparos fossem executados antes da interrupção dos voos. “Podem ter certeza de que a região do Vale do Aço não está desamparada pela Setop”, afirmou Marco Aurélio.

Caso a resposta jurídica para a contrato seja negativa, o secretário da Setop informou que será preciso estudar outras alternativas, inclusive parcerias com empresas da região. “Nesse caso, teríamos de iniciar um processo de licitação e seriam no mínimo seis meses sem voos, e sabemos do impacto e transtorno para toda a região. Dessa forma, vamos precisar ser criativos sobre as soluções”, informou Barcelos.

O diretor de Relações Institucionais da Usiminas, Luís Márcio Araújo Ramos, afirmou que a siderúrgica já se colocou à disposição para resolver o problema. “Pode-se se fazer arranjos para as empresas, talvez por meio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), para executar as obras emergenciais de forma mais rápida, e depois o Governo do Estado paga isso em forma de isenção de impostos”, sugeriu.

Os deputados federais Hercílio Coelho Diniz e Eneias Reis se colocaram à disposição. Eneias, inclusive, informou que já entrou em contato com os líderes da bancada mineira no Congresso para iniciar o diálogo com o Governo Federal, a fim de levar recursos para o Aeroporto em Santana do Paraíso.

Vôos direcionados para Valadares

Com a suspensão dos vôos no aeroporto de Ipatinga, a Azul direcionou os pousos e decolagens para o Aeroporto Coronel Altino Machado, em Governador Valadares. Confira os novos horários disponíveis.

POUSO (BH-GV)         DECOLAGEM (GV-BH) 15/02

  • 8h00                                                     8h30
  • 11h00                                                  11h30
  • 14h30                                                  15h00
  • 16h25                                                  16h55
  • 17h15                                                  17h50

POUSO (BH-GV)        DECOLAGEM (GV-BH) 16/02

  • 7h25                                                      8h00
  • 10h30                                                   11h00
  • 13h30                                                   14h00
  • 14h35                                                   15h05

POUSO (BH-GV)        DECOLAGEM (GV-BH) 17/02

  • 10h10                                                   10h40
  • 16h00                                                   16h30
  • 17h05                                                   17h35

POUSO (BH-GV)                     DECOLAGEM (GV-BH) 18/02

  • 9h00                                                       9h30
  • 10h00                                                   10h30
  • 13h00                                                   13h30
  • 15h55                                                   16h25

FOTO: Divulgação

 

Na ordem: vice-prefeito de Ipatinga, Célio Andrade, deputado federal Hercílio Coelho Diniz (esse é o nome parlamentar dele), secretário Marco Aurélio, deputada Rosângela Reis e deputado federal Eneias Reis