Uma nova Era: Gostemos ou não!

0
379

Atribui-se a Roberto Pompeu de Toledo um poema divertidíssimo chamado “O tempo”. Nele, o autor atribui genialidade a quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, dando a essa fatia o nome de ano. Para o autor, a esperança foi industrializada, sendo que doze meses seriam mais do que suficiente para testá-la, até […]