Tiroteio provoca correria em velório no bairro Palmeiras

A polícia ainda não sabe se o interesse dos atiradores era acertar alguém ou eles estavam comemorando a morte do menor

Constantemente vem ocorrendo conflito entre gangues no bairro Palmeiras, e, fruto disso, ontem (18) veio a óbito um jovem de 14 anos envolvido com o tráfico local. No decorrer do seu velório, vários indivíduos armados cercaram o local, disparando contra os presentes. Uma equipe de patrulhamento que estava próxima ao local logo interveio, cercando a área. Nesse momento, os policiais viram C.C.S., de 30 anos, fugindo com uma arma de fogo.Durante a perseguição, o homem efetuou alguns disparos contra a guarnição, havendo troca de tiros. Ninguém foi atingido.

Em virtude da resposta da PM, o fugitivo se desfez da arma, cessando fogo de ambos os lados e, ao ser alcançado, resistiu à prisão, agredindo os militares. Algemado, C.C.S. se recusou a dizer quem seria o seu alvo.As testemunhas que participavam do velório informaram que eram quatro indivíduos, porém não foi possível identificá-los, uma vez que todos fugiram para procurar abrigo durante os disparos.

O homem preso é membro de gangue adversária da vítima que estava sendo velada.Além da arma utilizada, de calibre 38, municiada, foi encontrado com o autor dos disparos mais oito munições de mesmo calibre, totalizando 11 cartuchos. O infrator, que já tem várias passagens por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, entre outras, recebeu voz de prisão em flagrante, sendo conduzido à Delegacia Regional, em Governador Valadares, juntamente com o material apreendido.