Sargento da PM é preso ao se envolver em acidente no Centro

564
Depois de receber voz de prisão do oficial de dia, o sargento foi conduzido à Delegacia Regional, onde foi apresentado ao delegado de plantão Governo norte-americano finaliza revisão do programa de Visto EB-5 Governo de MG abre inscrições para curso sobre direitos das crianças e adolescentes FOTO: Arquivo

O sargento da Polícia Militar L.R.S, 44 anos, foi preso na manhã de ontem após atropelar a auxiliar de limpeza Sônia Maria da Silva, 52 anos, quando ela atravessava a rua Graça Aranha esquina com Sete de Setembro, no bairro Esplanada. De acordo com testemunhas, o militar dirigia um Gol no sentido bairro São Pedro e não conseguiu frear a tempo de evitar a colisão com o carrinho de lixo que a mulher empurrava. Devido ao forte impacto, o carrinho foi arrastado por mais de 30 metros. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e prestou socorro à vítima.

Policiais militares foram ao local e constataram que o motorista estava visivelmente embriagado, apresentando hálito etílico forte, fala desconexa e olhos avermelhados. O oficial que coordenava o policiamento foi até o local, deu voz de prisão ao sargento e recolheu a arma da corporação que ele portava. Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal, para fazer o exame de corpo de delito, e depois conduzido à Delegacia Regional, para ser ouvido pelo delegado de plantão.

Em sua defesa, L. disse que a mulher surgiu repentinamente na sua frente e não deu tempo de parar o veículo. Ao ser questionado pelo oficial se teria feito uso de bebida alcoólica, o sargento confirmou, dizendo que estava bebendo em um bar no centro da cidade. Por estar com a documentação em dia, o veículo do militar foi liberado.