“Por enquanto, vejo  o meu programa favorito: Chaves”

FOTO: Divulgação

Presidente Jair Bolsonaro durante mensagem de vídeo após sua cirurgia

 

Ministério não tem vacina para 5 milhões de bebês

O governo federal deve anunciar nesta quinta (12) a assinatura de um raro atestado de incompetência: mais de 5 milhões de bebês ficarão sem vacina pentavalente, que protege de difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e Hemófilo B (que causa meningite, pneumonia), entre outras. A vacina vinha sendo importada da Índia, mas em junho a Anvisa vetou o produto. O Ministério da Saúde teve quase três meses para resolver o problema. Agora, milhões de bebês ficam sob risco.

Agora, só em fevereiro

A vacina é aplicada no primeiro ano de vida. No Ministério da Saúde, estima-se que isso somente estará disponível em fevereiro.

Faltou competência

Não faltou dinheiro, faltou competência no Ministério da Saúde. Os valores da vacina são irrisórios, considerando as vidas que salva.

Não tem explicação

A vacina a 87 centavos de dólar cada totaliza R$ 4,3 milhões, uma ninharia para o orçamento de R$ 122,6 bilhões do Ministério da Saúde.

Desabastecimento

Há notícias de desabastecimento da vacina pentavalente em São Paulo, Goiás, Paraíba, Mato Grosso e no Distrito Federal, entre outros.

Órgãos do ICMBio sucateados por ambientalistas

Quanto mais o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) mexe, mais se revela o sucateamento de órgãos como o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). Caso de abandono criminoso é o Cepene (Centro de Pesquisa e Conservação de Biodiversidade Marinha do Nordeste), na baía de Tamandaré (PE), segundo análises e relatórios de visitas. Fotos revelam patrimônio abandonado, lixo, sujeira, garrafas e caixas de cerveja vazias. Só não mostram atividades de pesquisa.

Militantes da natureza

Servidores pagos para atuarem em “pesquisa”, “gestão ambiental” ou “conservação” são os mais hostis em relação ao atual governo.

Ambiente devastado

No site, o Cepene é definido como “centro de pesquisa e conservação do ICMBio”, seja lá o que isso signifique. E não tem significado muito.

Tudo por nossa conta

O Cepene é composto de três prédios (administração, pesquisa e formação) e 15 unidades residenciais. E belos salários, claro, em dia.

Impressionante

O lobby da turma contra a trapalhada do prefeito do Rio, no caso do gibi infantil com beijo gay, superou o poder vapt-vupt de Lula para fazer o STF julgar suas manobras. Em 24 horas, pleno fim de semana, arrancou parecer de Raquel Dodge e liminar do ministro Dias Toffoli.

Bang-bang

O anunciado futuro embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Eduardo Bolsonaro, foi visitar o pai no hospital, após a cirurgia do presidente. O detalhe é que ele estava armado, com pistola na cintura.

Fortuna a ser recuperada

Segundo o senador Eduardo Girão (Podemos-CE), soma R$ 44 bilhões a estimativa de dinheiro a ser recuperado pela Lava Jato aos cofres públicos. Tudo provado, confessado ou já devolvido.

Heleno comemorou

Ministro-chefe do GSI da Presidência, Augusto Heleno comemorou a cirurgia bem-sucedida de Bolsonaro para remover uma hérnia. Até enviou aos amigos vídeo do presidente caminhando pelo hospital.

Coincidência?

A Comissão Especial da Reforma Tributária vai a Feira de Santana (BA) debater os impactos da reforma nos estados e municípios. É o primeiro estado, aliás governado pelo PT, a ser visitado pela comissão.

Desfilando arrogância

O governo francês atribui ao Brasil “concurso de insultos”, ignorando que tudo começou com foto e declarações mentirosas de Emmanuel Macron sobre a Amazônia. Eles acham que podem usar insultos à vontade, mas não reconhecem no Brasil o “direito” de fazer o mesmo.

Pé na estrada

José Nelto (Pode-GO), que está no nono mês de mandato, revelou ao Bastidores do Poder, da rádio Bandeirantes, que nunca foi de avião para Brasília, só vai de carro. Leva duas horas e meia na estrada.

R$ 1,3 trilhão

A reforma da Previdência aprovada na CCJ do Senado pode significar economia de R$ 870 bilhões ao Tesouro, em dez anos. Mas se a PEC Paralela também for aprovada, impacto pode ser de R$ 1,312 trilhão, segundo o relator da proposta no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Pensando bem…

…o escândalo do gibi só fez aumentar o Ibope do prefeito e também da Bienal do Livro.