Poliglota para que te quero

Tancredo Neves se preparava para disputar a Presidência da República, no Colégio Eleitoral, quando o deputado Milton Reis (MG) o procurou para pedir a nomeação de um jovem talentoso para o comitê. “Ele é muito preparado, esforçado, conhece bem a política…” dizia, enquanto Tancredo mordia a ponta da gravata. “Vai ajudar muito, fala sete línguas!”.

“Sobre o quê?”, interrompeu Tancredo, soltando a gravata da boca.

O deputado não entendeu a pergunta e o candidato explicou: “Tem um porteiro lá do Hotel Normandy que fala muito bem onze línguas. Mas só sabe falar sobre hospedagem…”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos |  www.diariodopoder.com.br