Polícia investiga latrocínio ocorrido na madrugada de ontem em Valadares

522
O corpo do idoso foi encontrado na varanda da casa e o Samu constatou o óbito no local. A mulher dele foi levada em estado de choque para o pronto-socorro e ficou internada.FOTO: Roberto Higino

A Polícia Militar registrou um caso de latrocínio que teria ocorrido na madrugada de ontem em uma propriedade situada às margens da BR-116, nas imediações da Cidade dos Meninos. De acordo com o relato dos militares, de três a quatro jovens armados invadiram a casa e fizeram três pessoas reféns. Eles vasculharam a casa em busca de objetos de valor, dinheiro e armas. As três vítimas foram amarradas e assim permaneceram durante o tempo em que os marginais estiveram no interior do imóvel.

As consequências da ação dos bandidos foram trágicas, resultando na morte do idoso Rui Correia Meireles, 63 anos, dono do imóvel, e em ferimentos graves na esposa dele, que teve de ser levada pelo Samu para o Hospital Municipal, onde ficou internada. Os militares que atenderam à ocorrência disseram que não havia marcas de tiros ou golpes de faca no corpo do idoso e que a perícia da Polícia Civil fez levantamento no local, recolhendo dados que poderão identificar a causa da morte.

Uma testemunha, inquilino do casal, também foi vítima da ação dos bandidos. Ele ficou amarrado o tempo todo, mas não se feriu. Como a mulher da vítima estava em estado de choque, ela não conseguiu dar detalhes do que realmente aconteceu, mas os militares não têm dúvidas de que se trata de um latrocínio, visto que vários objetos foram levados pelos ladrões.

Várias buscas foram feitas pela Polícia Militar na região para tentar encontrar alguma pista dos marginais, mas sem êxito, por falta de informações sobre as características deles. O caso foi repassado para a Delegacia de Homicídios, que já iniciou investigação na tentativa de levantar informações que levem ao paradeiro dos bandidos.

O corpo do idoso foi encontrado na varanda da casa e o Samu constatou o óbito no local. A mulher dele foi levada em estado de choque para o pronto-socorro e ficou internada.FOTO: Roberto Higino