Polícia Civil forma mais 79 delegados

FOTO: Divulgação

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, foi o paraninfo da formatura de 79 novos delegados de Polícia Civil (PCMG), que completaram o Curso de Formação Técnico-Profissional. A cerimônia foi realizada nesta quinta-feira (17/10), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

Romeu Zema enfatizou, em seu discurso, o esforço do Governo de Minas para viabilizar a incorporação dos novos profissionais. “Em um Estado que está financeiramente debilitado, a última coisa que nós deveremos procurar é a soma de despesas. Sabemos da necessidade de investir na segurança pública. Por isso, estamos aqui, hoje, formando 79 delegados”, afirmou.

O governador lembrou algumas dificuldades enfrentadas pelos servidores, como o parcelamento dos salários e a falta de aumentos salariais, mas garantiu que o Executivo tem feito tudo o que está ao alcance para reverter essa situação.

“Tenho consciência disso, mas estou aqui, em nome de 21 milhões de mineiros, para dizer que temos milhares de desempregados que estão há anos sem ter uma renda digna. Muito do que queremos fazer no Estado depende de mudanças legais. É hora de fazermos um sacrifício em nome daqueles que não têm o que colocar à mesa. Essa é a visão do meu governo”, afirmou, citando a importância do papel de liderança entre os novos delegados. “Vocês ocuparão um cargo de liderança. Cabe ao líder fazer dar certo, mudar a situação para melhor. Para serem líderes, vocês farão uso de um recurso muito importante, que é a capacidade de se comunicar. Liderar é comunicar”, disse.

No atual governo, a Segurança Pública voltou a ter papel de destaque com investimentos em áreas estratégicas. Em setembro, 119 novos escrivães de polícia foram nomeados pelo governador. Além disso, foram entregues 207 viaturas para unidades policiais de 152 municípios mineiros, por meio de emendas parlamentares e convênios.

Somente neste ano foram inauguradas 14 novas unidades policiais. Estão em curso, na Academia de Polícia Civil de Minas Gerais (Acadepol), 392 investigadores de polícia, que se formarão no próximo mês.

Resultados

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, general Mário Araújo, que foi patrono da turma, citou os resultados obtidos nos primeiros nove meses do ano, em comparação com o mesmo período do ano passado.

“Houve queda de 28% nos crimes violentos, 29% no roubo consumado e 14% nos homicídios. Esses indicadores nos enchem de orgulho e retratam nosso trabalho. Há expectativa da chegada de vocês (novos delegados) nas diversas comarcas, principalmente no interior, e temos certeza de que esses indicadores vão melhorar ainda mais”, destacou.

Os resultados da criminalidade em Minas foram divulgados na última terça-feira (15) para 12 crimes monitorados pelo Observatório de Segurança Pública. Foram mensurados os índices de homicídio tentado e consumado, roubo, estupro e estupro de vulnerável tentado e consumado, sequestro e cárcere privado, extorsão mediante sequestro, além de furto, extorsão e lesão corporal em todos os 853 municípios do estado. Os dados estão disponíveis na página da Sejusp (www.seguranca.mg.gov.br).