Pegadinha em pleno voo

0
455

O empresário potiguar Flávio Rocha era candidato a presidente pelo PL, em 1994, quando ofereceu carona ao então líder do PT na Câmara, José Fortunati, entre Porto Alegre e Brasília. Após a decolagem, o petista puxou conversa: “Bom avião, Flávio… De quem é?” Flávio respondeu, sério: “É do (deputado) João Alves” – disse, referindo-se ao célebre “anão” – ele me emprestou enquanto passa a confusão do Orçamento…” Fortunati gritou ao piloto, sem perceber a pegadinha: “Dá para me arrumar um paraquedas?” Após as gargalhadas, Rocha explicou que o jatinho era seu havia dez anos.

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos | www.diariodopoder.com.br