Central do Assinante







PUBLICIDADE


AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Notícias de Valadares e Região >> Abre Aspas >>
sábado, 2 de julho de 2016

Referência no segmento imobiliário em Valadares

Diretor-executivo da Segurança Imóveis, Paulo Cabral avalia o atual cenário imobiliário e expectativas para o futuro
FOTO: Arquivo Drd
GOVERNADOR VALADARES -

Perto de completar 40 anos no mercado, a Segurança Imóveis se mantém como uma das maiores e mais tradicionais imobiliárias de Valadares. Em entrevista ao DIÁRIO DO RIO DOCE, o diretor-executivo da empresa, Paulo Cabral, avaliou o atual cenário imobiliário e expectativas para o futuro. A empresa surgiu no mercado imobiliário valadarense em 1978, criada pelo pai de Paulo, Adair Pires Cabral. Na época, a empresa possuía apenas dois funcionários, o proprietário e o office-boy, e apenas dois imóveis para locação. Mas em pouco tempo o que era um pequeno negócio se tornou referência na cidade.

DRD - Como surgiu a ideia de implantar uma imobiliária em Valadares?

Paulo Cabral - Foi a necessidade de serviço. Meu pai se aposentou dos Correios e decidiu fundar a imobiliária. Em 1988, cheguei para ajudá-lo. Dois anos depois, pensando em inovar e atualizar as tecnologias já utilizadas pela imobiliária, participei de um congresso que apresentava aos empresários o primeiro software criado para imobiliárias do Brasil. Fui ao congresso e verifiquei que o programa seria um grande passo para a evolução da nossa empresa. A internet nem estava tão eminente. 

DRD - Como está o mercado imobiliário?  Há expectativa de melhoras?

Paulo Cabral - Está Melhorando. Já esteve pior, mas começou a reagir com a mudança do governo. Não está 100%, mas o ânimo do cliente melhorou. Quanto às expectativas, são as melhores, pois com a chegada da Universidade Federal de Juiz de Fora [UFJF] e a implantação do Curso de Medicina na Univale, acredito que teremos mais clientes no futuro. 

DRD - O que é melhor no momento, a venda ou locação de imóvel?

Paulo Cabral - Hoje é locação. O desemprego está alto em todo lugar, então, as pessoas preferem alugar e não financiar. Então o pessoal partiu para o aluguel. O serviço que comanda as negociações da empresa sempre foi a locação de imóveis. Sozinho, ele corresponde a cerca de 70% do faturamento da Segurança.

DRD - Com a atual situação do mercado imobiliário é mais conveniente comprar ou alugar  imóvel?

Paulo Cabral - Depende da situação do cliente. Com o desemprego em alta, a alternativa é alugar. Mas se for fazer um investimento, sugiro a compra. Quem juntou dinheiro suficiente para dar entrada na casa própria tem boas oportunidades no mercado. Quem comprar um imóvel hoje em dois anos perceberá uma excelente valorização. Nossa expectativa está crescendo quanto a isso, e a tendência atual das construtoras é liquidar os estoques prontos.

DRD - Você acredita que, devido à estagnação econômica, investir em um consórcio é a melhor opção?

Paulo Cabral - Não, porque você vai pagar taxas de administração ao banco. É melhor juntar o dinheiro e comprar. A pessoa às vezes quer fazer uma prestação, mas acaba ficando comprometida com as demais dívidas. 

DRD - Perto de a imobiliária completar 40 anos de fundação, qual o segredo da longevidade no mercado?

Paulo Cabral - Honestidade, qualidade e garantia do aluguel sempre foram a base do nosso sucesso. Trabalho das 7h às 19h todos dias. Meu pai teve muita perseverança, pois ele sempre acreditou que o negócio daria certo, como podemos conferir. Trabalhar com o que se gosta é o segredo de tantos anos de credibilidade, sucesso e, acima de tudo, segurança para os nossos clientes e amigos.









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS