Central do Assinante







PUBLICIDADE


AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Saúde e Bem Estar >> Notícias >>
quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Peixe: bom na Quaresma e no ano todo

Católicos optam pelos pescados após o carnaval; para nutricionista, alimento deveria ser mais consumido
Os peixes são fonte de proteínas, vitaminas, ferro, cálcio e pertencem ao ‘time’ das gorduras saudáveis, importantes para o coração

É tradição. Na Quaresma, cresce, em todo o País, o consumo de peixe. Muitas pessoas abrem mão da carne vermelha neste período de 40 dias. Mas para a nutricionista Flávia Coelho, especialista em obesidade e emagrecimento, seria importante que o peixe fizesse parte do prato do brasileiro durante todo o ano. “O consumo ainda é pequeno quando comparado ao de carnes vermelhas e aves. O peixe é fonte de proteínas, vitaminas, ferro, cálcio e pertence ao ‘time’ das gorduras saudáveis, importantes para o coração. Peixes como salmão, sardinha e atum são ricos em ômega 3, que contribui para aumento das taxas do ‘bom colesterol’, o chamado HDL”, explica.

Devido ao seu alto valor nutritivo, os peixes deveriam ser incorporados à dieta, pelo menos, uma ou duas vezes por semana. “É preciso, porém, saber escolher uma forma de preparo saudável, devendo-se optar pelos assados, grelhados, cozidos ou ensopados. As frituras devem ser evitadas, pelo fato de serem mais calóricas. Além disso, o peixe requer cuidados. É um alimento de fácil deterioração. Na hora da compra, deve apresentar olhos e escamas brilhantes, guelras vermelhas, cheiro característico e a carne deve resistir à pressão dos dedos. O peixe precisa ser mantido sob refrigeração até a hora do preparo”, lembra.

A nutricionista reforça que os peixes integram a classe dos “alimentos construtores”, pelo alto teor de proteínas e minerais. “Por tudo isto, deve ser incorporado ao cardápio semanal, não só na Quaresma. Possuem baixa quantidade de gorduras saturadas e alta concentração de gorduras saudáveis. O consumo de peixe constitui uma escolha adequada também para aqueles que desejam manter uma alimentação equilibrada”, finaliza.









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS