Central do Assinante







PUBLICIDADE



AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Notícias de Valadares e Região >> Notícias >>
quarta-feira, 31 de julho de 2013

Homem é internado com meningite no Hospital Municipal

Ele foi transferido da cidade de Águas Formosas para Valadares na noite de terça-feira, 30. De acordo com o HM, a meningite pneumocócica de N.S.P., de 32 anos, não é contagiosa
FOTO: Arquivo DRD
AINDA NESTA QUARTA-FEIRA o rapaz continuava internado no HM, sonolento, em um estado de coma mais leve
GOVERNADOR VALADARES -

Um homem de 32 anos está internado no Hospital Municipal com meningite pneumocócica. N.S.P. foi transferido de Águas Formosas, no Vale do Jequitinhonha, a aproximadamente 286 quilômetros de Valadares, na noite de terça-feira, 30. De acordo com o Hospital Municipal, a doença não é contagiosa e ele não precisou ser isolado.

De acordo com parentes, a vítima começou a passar mal no domingo e, quando a família chegou na casa onde ele mora, o encontrou desacordado na cama e com crises convulsivas. Ele foi levado para o hospital de Machacalis. “Lá, eles acharam viável encaminhar para um hospital mais qualificado, e encaminharam para o hospital da cidade de Águas Formosas. Chegando lá, foi atendido pela equipe médica, a qual suspeitou de meningite, mas não fez exame nenhum para diagnosticar”, disse um primo do homem, ressaltando que em seguida eles conseguiram uma vaga em Valadares. “Decidimos trazê-lo na UTI móvel. Quando chegou aqui o médico atendeu e avaliou uma suspeita de meningite.”

De acordo com a infectologista que está atendendo o paciente, Junia Ferrari, o homem chegou ao hospital por volta das 19 horas de terça-feira em um estado mais grave. “Hoje [quarta-feira, 31] ele ainda estava sonolento, em um estado de coma mais leve. A meningite dele é pneumocócica, que é menos agressiva. Essa bactéria é a mesma da pneumonia, sinusite e a que dá dor na garganta”, disse, ressaltando que ela não é contagiosa. “Mesmo se fosse, não precisava isolar o paciente, porque só se isola nas primeiras 24 horas, e ele começou a tratar a doença na cidade dele”, concluiu.

Confira o texto na íntegra na edição impressa do DRD de quinta-feira, 1º de agosto









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS