Central do Assinante







PUBLICIDADE


AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Notícias de Valadares e Região >> Notícias >>
sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Omir Quintino se cala diante do promotor

Ex-diretor geral do Saae, que responde por 49 acusações, foi interrogado ontem no Fórum de Governador Valadares
FOTOS: Antônio Cota
Durante o interrogatório de ontem o ex-diretor do Saae somente respondeu aos questionamentos dos advogados

O ex-diretor-geral do Saae Omir Quintino foi interrogado ontem no Fórum de Governador Valadares no processo que apura a sua participação no pagamento de propina a diversos vereadores, para votarem projetos de interesse da empresa Valadarense. Ele é acusado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público de ser o “cabeça” da organização criminosa, que foi montada dentro do Saae e que foi desmontada pelas investigações da Operação Mar de Lama.

 

Omir foi preso na primeira fase da operação — após cumprir prisão temporária ficou um período no regime domiciliar, mas depois voltou para o regime fechado na segunda fase da operação. Ele, que responde a 42 acusações de corrupção ativa, 3 de corrupção passiva e 4 de advocacia administrativa, usou o direito de não responder as perguntas do promotor Evandro Ventura.

 

O seu advogado assim o orientou, alegando que nas vezes em que ele foi interrogado o promotor teria insistido que ele respondesse por outras investigações das quais ele não está envolvido. Seu pedido foi concedido pela juíza.

 

Ontem também foi interrogado o vereador Ricardo Assunção, que está preso em uma cela isolada na penitenciária da Paca por questões de segurança. Ele é acusado de receber propina para votar a favor dos projetos de interesse do Saae. A fase de interrogatório termina na segunda-feira e na terça-feira começa o recesso do Judiciário. O recesso termina somente no dia 20 de fevereiro quando o caso será reaberto para as alegações finais.









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS