Central do Assinante







PUBLICIDADE



AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Notícias de Valadares e Região >> Notícias >>
domingo, 3 de agosto de 2014

Disque-Denúncia teve mais de 40 mil ligações no primeiro semestre

Os dados, divulgados na última semana, apontam que, desde que foi lançado, em 2007, o serviço do 181 superou a marca de 460 denúncias no Estado
FOTO: Divulgação
O tráfico de drogas continua liderando o ranking das naturezas mais denunciadas, com 62% do total de registros em toda Minas Gerais
GOVERNADOR VALADARES -

O serviço de investigação 181, o Disque-Denúncia Unificado (DDU), registrou mais de 40 mil chamados em Minas Gerais no primeiro semestre de 2014. Conforme a Secretaria Estadual de Defesa Social (Seds), desde que foi lançado, em 2007, o serviço do 181 superou a marca de 460 denúncias no Estado. Autoridades em Valadares reforçam que a ferramenta ajuda em muitos casos na cidade.

De acordo com o capitão da Polícia Militar Welington Campos, a ferramenta ajuda muito, uma vez que a segurança pública se faz com a participação da população. "Os moradores conhecem a rotina do lugar e suas principais necessidades. Eles também sabem da realidade de cada local. Com essa parceria, o serviço da Polícia Militar se torna mais efetivo e eficiente, uma vez que vamos ter condição de identificar um problema que, sem a participação da população, seria difícil", disse. Ainda para o capitão, o 181 é uma realidade em Governador Valadares. "É um serviço que vem somando e agregando informações, potencializando sua ação e trazendo segurança não só em Valadares, mas em toda Minas Gerais."

A delegada regional da Polícia Civil, Luzinete Maria de Sá, também falou da importância do programa e da participação da população. "O 181 é um mecanismo que, com base nas denúncias, nós averiguamos se há procedência ou não. Aqui em Governador Valadares é de extrema importância e teve uma boa aceitação", disse a delegada.


Dados


O tráfico de drogas continua liderando o ranking das naturezas mais denunciadas, com 62% do total de registros em toda Minas Gerais. A representatividade do número de denúncias é diretamente proporcional aos resultados alcançados nesses seis anos de 181. Desde a criação do serviço, em 2007, mais de 25 toneladas de drogas e um montante superior a R$ 10 milhões foram apreendidos.

Confira o texto na íntegra na edição impressa do DRD de domingo, 3.









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS