Central do Assinante







PUBLICIDADE



AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Notícias do Esporte >> Notícias >>
sábado, 8 de agosto de 2015

Campeão do UFC visita Valadares

FOTO: Divulgação
FABRÍCIO WERDUM comentou sobre o início de sua trajetória no esporte e a carreira no UFC
GOVERNADOR VALADARES -

A inauguração da Nutri Center no GV Shopping, loja dirigida pelos irmãos Rodrigo Fabiano e Tiago Evaristo, que trabalham com suplementos alimentares, trouxe a Valadares o atual campeão dos pesos pesados do UFC, Fabrício Werdum. O evento realizado na sexta-feira à noite teve participação de um grande público e também contou com a presença da modelo fitness Jaque Khury.

Fabrício Werdum, nascido em Porto Alegre (RS), tem 38 anos, é faixa preta 2º grau no jiu-jítsu, faixa preta de judô e prajied preto no muay thai. O atleta gaúcho tem história nas artes marciais. Werdum foi campeão mundial de jiu-jítsu da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), em 2003 e 2004, disputando a competição como faixa preta. Também conquistou por duas vezes, em 2007 e 2009, o Abu Dhabi Combat Club Submission Wrestling World Championship (ADCC), considerado o maior campeonato de submission do planeta.

Iniciando no jiu-jítsu, Werdum conta que a “arte suave” serviu de base para o lutador que ele é hoje.

“Eu comecei no jiu-jítsu, a minha base é o jiu-jítsu e se não tivesse começado no jiu-jítsu, talvez não estaria no MMA, então significa muito pra mim”. Apesar do sucesso, Werdum conta o motivo de migrar para o MMA. “Ganhei muitas competições de jiu-jítsu, mas queria algo mais, buscar diferentes desafios, aí fui pro MMA. Me apaixonei pelo esporte, vendo as lutas do Wanderlei Silva e do Minotauro. Aí resolvi me testar. As minhas duas primeiras lutas aconteceram na Inglaterra. Aí depois passei pelo Jungle Fight, Pride, UFC, Stikeforce e novamente UFC”.

Werdum cita os dois momentos mais marcantes no esporte. “A minha carreira é muito boa, mas os dois momentos que mais me marcaram foram as vitórias sobre o Fedor Emelianenko, no Strikeforce, e a vitória sobre o Cain Velasquez, quando conquistei o cinturão dos pesados do UFC”, disse.

Werdum atualmente tem feito o chamado “tour do campeão”, mas logo deve voltar aos treinamentos e começar a se preparar para defender o cinturão dos pesos pesados. A data da luta e o adversário ainda não foram definidos pelo UFC. Sobre a possibilidade de voltar às competições de jiu-jítsu, Werdum responde: “Pode ser que sim, não posso te dizer 100% agora, porque estou focado 100% no MMA, mas de repente depois que me aposentar do MMA, pode ser que eu volte a competir, pra não ficar parado”.

O contato com o público é algo que Werdum gosta bastante. “É bem legal e gratificante saber que as pessoas querem tirar uma foto, que elas te admiram. Isso dá mais força pra continuar treinando forte e poder dar alegria às pessoas”. Para finalizar, Werdum revelou os projetos para o futuro. “Manter o cinturão por muito tempo e um dia lutar no meu estado, na minha cidade, Porto Alegre, num estádio de futebol. Isso é algo que gostaria muito”.









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS