Central do Assinante







PUBLICIDADE


AS MAIS LIDAS
Página Inicial:: >> Politica >> Notícias >>
quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Nova regulamentação sobre uso de capacetes facilita falsificação

Motociclistas de todo o país estão passando por adaptações. As regras do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) exigem que todos os condutores e passageiros de motocicletas usem capacetes com faixas reflexivas e viseira. Os motoboys também deverão se adequar para estar de acordo com as especificações das novas regras.

De acordo com a Resolução 203 do Contran, os capacetes precisam ter o selo de certificação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e faixas refletivas nas laterais e na traseira. Para evitar a falsificação dos selos, o Inmetro propôs ao Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) que oriente os motociclistas a consultar a lista de capacetes certificados, no site do instituto. A dica vale também para quem quer ter certeza do que está comprando.

Também fica proibida a colocação de películas na viseira. Elas devem ser transparentes (padrão cristal) quando usadas no período noturno. No caso dos capacetes que não têm viseira, passa a ser obrigatória a utilização de óculos de proteção, que não podem ser substituídos por óculos corretivos.

Quem for flagrado sem os itens obrigatórios de segurança fica sujeito à multa de R$ 127,69, perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e apreensão do veículo para regularização.

Para o transporte de carga, a Resolução 219 especifica que baús e grelhas devem seguir novos padrões de segurança. A mesma norma determina a mudança da cor de placa, de cinza para vermelho. Os motoboys também ficam obrigados a usar coletes com faixas retrorefletivas, para favorecer visualização. (Fonte: Agência Graffo)









COMENTE ESTA NOTÍCIA


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA






NOTÍCIAS RELACIONADAS