MEC vê possibilidade de criação de universidade federal local ou regional

Reunião entre o prefeito e representantes da UFJF

O prefeito de Valadares, André Merlo, reuniu-se nesta semana com lideranças, professores e coordenadores de cursos da Universidade Federal de Juiz de Fora Campus Valadares. O encontro reforçou os laços entre a Prefeitura e a Universidade, e foi uma oportunidade de unir esforços do poder público e da sociedade civil na defesa da Universidade. Os representantes da UFJF puderam apresentar demandas e o prefeito André Merlo informou à comunidade sondagens do MEC sobre a possibilidade da criação de uma universidade federal local ou regional.

Na reunião, o prefeito destacou a relevância que a UFJF tem para Valadares e defendeu o interesse do Município na emancipação da Universidade. “A UFJF é uma preocupação constante da gente. Não podemos de maneira alguma perder esse campus. E esse é um momento oportuno de discutirmos a emancipação da instituição, torná-la uma Universidade Federal de Governador Valadares (UFGV) ou do Rio Doce. Isso traria uma independência orçamentária para a universidade e vamos contribuir politicamente para que isso se concretize”, disse.

A UFJF Campus GV tem hoje 3.100 alunos e gera cerca de 600 empregos diretos. Oferece os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Direito, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Odontologia. Além de cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado e pesquisas em desenvolvimento.

O diretor-geral da universidade, Peterson Marco de Oliveira Andrade, destacou a abertura da Prefeitura em receber as lideranças da universidade e abordou a necessidade que a UFJF tem de ter estrutura física e mais autonomia. “Nós não temos autonomia orçamentária e de gestão, as decisões finais sempre são tomadas pelo Conselho Superior, que fica em Juiz de Fora. Estamos aqui na Prefeitura para ampliar a discussão sobre o campus GV, que é uma conquista da sociedade de Valadares, e queremos alinhar as expectativas e ideias para desenvolvermos o campus, considerando o cenário político”, disse o diretor-geral.

No encontro ficou definido que os membros do Conselho Gestor do Campus de Governador Valadares da UFJF irão se reunir para discutir e internalizar o debate sobre a emancipação do campus e que será realizada uma audiência pública para debater com a comunidade o assunto. O objetivo é tomar uma decisão sobre ações convergentes que devem guiar a pauta política em defesa da Universidade.

O encontro teve a presença do secretário de Fazenda, Jamir Calili, do deputado federal Hercílio Coelho Diniz e de representantes da sociedade civil organizada, como OAB, Sindicomércio, Sindicont, Fiemg, CDL, Associação Comercial, Sindicato dos Médicos, Sicoob e AC Credi. O encontro foi realizado na segunda-feira (4), na Prefeitura.