Jogos escolares fazem a festa do esporte em Governador Valadares

FOTO: Divulgação

A Praça dos Pioneiros foi palco da abertura da etapa regional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) e recebeu delegações de 79 municípios do Estado. Os jogos começaram na terça-feira, 25, e terminam hoje, 29. A competição é uma iniciativa das secretarias de Estado de Educação e de Esportes em parceria com a Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG) e das prefeituras.

Os alunos-atletas deram um show à parte, cantando à capela o Hino Nacional. Em seguida, os jovens aplaudiram muito o atleta da APAE Luiz Eduardo de Souza Barbosa, o Dudu, que leu o Juramento do Atleta. Dudu, que tem paralisia cerebral, conquistou no ano passado três medalhas de ouro no JEMG (salto à distância e nas provas dos 75 m e 250 m). Outro momento emocionante da noite foi quando a atleta de futsal feminino da Escola Estadual Nelson de Sena Gabrielly Ribeiro Magalhães conduziu a tocha olímpica. A atleta faz parte do Projeto Meninas com Brilho nos Olhos e é tricampeã dos Jogos Estudantis Valadarenses (JEV) e do JEMG, além de campeã mineira sub-13, tricampeã sub-15, bicampeã sub-17 e campeã sub-20.

Lina Vitarelli, representante da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, ligada à subsecretaria de Esportes, destacou a importância dos jogos. “O JEMG é o maior evento esportivo escolar do Brasil. Ele é muito importante, porque promove a socialização e a integração dos jovens e ajuda na formação dos cidadãos mineiros”. Opinião compartilhada pela representante do núcleo de esporte da Secretaria de Estado de Educação, Cristina Soares Gomes. “Mais do que uma competição, o JEMG amplia nossas ações ao promover um crescimento fora do ambiente escolar que ajuda a formar cidadãos.”

O secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Juventude, Carlos Teixeira, fez o anúncio oficial da abertura dos jogos e comentou sobre a iniciativa da Prefeitura de Valadares de promover o esporte estudantil. “Tem muita gente trabalhando para realizar essa competição, não é fácil, mas a Prefeitura não mede esforços para apoiar os eventos esportivos, e com o JEMG não poderia ser diferente. Valadares é uma cidade receptiva e está sempre aberta a receber a todos”, disse.

A professora Sebastiana Maria Pereira, da E. E. do Bairro Cantinho do Céu (Mutum), estava animada. “Esta é a primeira vez que disputamos a etapa regional aqui, mas já participamos em Belo Horizonte e em Teófilo Otoni. Estou bem otimista. Os meninos da nossa equipe de handebol masculino estão nervosos, mas treinaram muito e são muito bons. Hoje o time da E.E. Sinval Rodrigues Coelho, que íamos enfrentar amanhã, não compareceu para jogar e foi desclassificado. Pra gente isso é bom, porque jogar contra time que joga em casa é mais complicado, por conta do apoio da torcida”, comentou.

O técnico da equipe de futsal masculino módulo I da E. E. São José (Governador Valadares), Ivo Pereira Santos Júnior, também está otimista, apesar de a escola estar estreando nessa etapa. “Esta é a primeira vez que nossa escola participa da etapa regional. A expectativa da nossa equipe é de ganhar e chegar à etapa estadual. Ano passado nós fomos a única escola a disputar a Copa Praça de Futsal, onde disputamos com escolinhas de futsal e fomos finalistas. Perdemos por 2 a 1 para a Escolinha São Francisco. Já tem três anos com esse mesmo time”, destacou.

Além de Valadares, esta etapa conta com a participação de equipes de: Águas Formosas, Araçuaí, Bela Vista de Minas, Belo Oriente, Bertópolis, Bandeira, Bom Jesus do Galho, Campanário, Caputira, Caratinga, Carlos Chagas, Catuji, Central de Minas, Conselheiro Pena, Coronel Murta, Crisólita, Frei Inocêncio, Gonzaga, Cachoeira do Pajaú, Felisburgo, Guanhães, Indaiabira, Inhapim, Ipatinga, Itabirinha, Itaipé, Itambacuri, Itabira, Itaobim, Jacinto, Jaguaraçu, Jequitinhonha, Joaíma, João Monlevade, José Raydan, Machacalis, Manhumirim, Divisa Alegre, Mantena, Martins Soares, Mutum, Minheira, Novo Cruzeiro, Novo Horizonte, Padre Paraíso, Peçanha, Pedra Azul, Pingo D’Água, Poté, Resplendor, Rio Piracicaba, Santa Efigênia de Minas, Santa Margarida, Santa Maria de Itabira, Santa Maria do Suaçuí, São Gonçalo do Rio Abaixo, São João do Manhuaçu, São José do Jacuri, São Sebastião do Maranhão, Sardoá, Taiobeiras e Taparuba.